Pássaros resgatos de criadouro irregular em Ceilândia, no DF (Foto: PMDF/Divulgação)

Em época chuvosa, 10 animais silvestres são resgatados, em média, por dia no DF

De quinta-feira (14) até as 20h deste domingo (17), o Batalhão Ambiental da Polícia Militar resgatou pelo menos 46 animais silvestres que estavam em área urbana do Distrito Federal. Os atendimentos registrados representam uma média de dez capturas por dia.

A lista de bichos encontrados no fim desta semana inclui saruês, pássaros silvestres, quatis, cobra coral e até uma garça branca que buscava alimentos em região próxima à Catedral de Brasília. De acordo com a PM, entre as aves, a maioria é encontrada machucada.

Apesar da média diária de resgates no DF, em alguns dias, os atendiemntos podem até dobrar. O sargento do Batalhão Militar Ambiental Arizomar Pereira afirma que o número, ainda sim, é inferior à época sem chuvas, quando a média alcança cerca de 20 resgates diários.

“Com o período mais chuvoso, a tendência dos animais silvestres é de ficarem mais recolhidos e evitando a procura de alimentos.”

Pássaros silvestres

No sábado (16), 37 pássaros silvestres foram resgatados de um criadouro irregular na Vila Madureira, em Ceilândia. Os animais foram encontrados durante um patrulhamento na região. Aos policiais, o morador da chácara teria afirmado não possuir autorização para a criação das aves.

No local havia, no total, 19 canários da terra, 13 papa-capins, um galo de campina, um sabiá e um curió; além de 16 gaiolas, dois viveiros e alçapões. Os animais estavam sem as anilhas de identificação exigidas pela legislação ambiental.

Os pássaros foram levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas). Se estiverem em boas condições de saúde, devem ser devolvidos à natureza. O morador da casa foi detido e conduzido até a 23 Delegacia de Polícia de Ceilândia. Ele pode responder por crime ambiental.

Resgates

Segundo a PM, quando os animais são resgatados em bom estado de saúde, eles podem ser levados de volta ao habitat natural. Já quando estão feridos, são encaminhados para o Cetas, vinculado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Cobra capturada em chácara de Brazlândia (Foto: PMDF/Divulgação)
Cobra capturada em chácara de Brazlândia (Foto: PMDF/Divulgação)

Os animais mais encontrados em cativeiro ou dentro de casas em razão da expansão urbana são saruês, corujas, aves silvestres, capivaras – em áreas mais próximas do Lago Paranoá – e serpentes.

Para chamar o Batalhão Ambiental, basta ligar 190. Também é possível solicitar visita dos militares e tirar dúvidas pelo telefone 99351-5736.

Por Marília Marques

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.