Em Rio Branco (AC), ativistas fazem marcha em defesa dos animais pedindo hospital público veterinário e combate a maus-tratos

Grupo se reuniu neste sábado (7) e marchou da Praça da Revolução até a Concha Acústica, no Parque da Maternidade. Ativistas pedem que leis contra maus-tratos sejam cumpridas.

151
Ativistas fizeram marcha em defesa dos animais na tarde deste sábado (7) (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)
Ativistas fizeram marcha em defesa dos animais na tarde deste sábado (7) (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)

Ativistas se reuniram na tarde deste sábado (7) para marchar pelos direitos dos animais. Ao menos 100 pessoas se concentraram na Praça da Revolução, no Centro de Rio Branco, e seguiram em marcha até a Concha Acústica, no Parque da Maternidade.

O grupo pede um aumento no número de castrações feitas na cidade, cumprimento rígido de leis em casos de maus-tratos contra bichos e a construção de um hospital público veterinário.

Quem for participar pode levar os animais de estimação para receber a vacina antirrábica, segundo a coordenadora da marcha, Amanda Lima. Segundo ela, a caminhada busca chamar a atenção de políticos para a causa animal.

A ativista lamenta que a construção do hospital veterinário que atenda a população ainda seja uma realidade distante, mas se gostaria que os gestores do estado lutassem ao lado das ONGs.

“Falta conscientização e também incentivo no combate aos maus-tratos. A gente sabe que a educação é a base de tudo e que a educação para a proteção do animal deve ocorrer desde a infância. Isso tem que ser feito em casa e nas escolas”, destaca.

Ativistas pedem mais rigidez na punição de pessoas que maltratem animais (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)
Ativistas pedem mais rigidez na punição de pessoas que maltratem animais (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)

Amanda lamenta a falta de apoio às ONGs do estado que chegam a fechar após adquirir várias dívidas com resgate e tratamento de animais.

“Nós vivemos de doações e tudo que conseguimos é por meio de bazares, correndo atrás de patrocínio e doações. Se tivéssemos um hospital público veterinário não teríamos de pagar tantas clínicas e não acabaríamos sofrendo com as dívidas”, finaliza.

Grupo pede a construção de um hospital público veterinário (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)
Grupo pede a construção de um hospital público veterinário (Foto: Sabrina Kako/Arquivo Pessoal)

Por Quésia Melo

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.