Moradora construiu casinha para gatos de rua — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Empresária constrói condomínio para mais de 20 gatos de rua em Palmas, TO

A Secretaria Estadual da Saúde informou que o Tocantins tem mais de 60 mil gatos. Do total, cerca de 6 mil vivem em Palmas. O número pode ser ainda maior se todos os animais abandonados nas ruas fossem. Tentando colaborar com o bem-estar dos animais sem donos, a empresária Lilian Castilho construiu um minicondomínio para mais de 20 felinos. (Veja o vídeo)

VÍDEO: Mulher cria condomínio para 23 gatos abandonados na rua

A mulher conta que começou a cuidar dos animais aos arredores de casa há seis meses. Para que os gatos se protejam do sol e da chuva, ela reutilizou restos de móveis e de materiais de construção e fez um abrigo. “A princípio eu imaginei que fossem cinco, seis animais, mas depois eu consegui contar e nomear 23 gatos, que foram abandonados ao mesmo tempo”, conta Lilian.

A mulher conta com ajuda para manter os animais saudáveis. “Alguns têm apadrinhamento, algumas ONGs me ajudam e o CCZ [Centro de Controle de Zoonoses] também tem me ajudado bastante por eu ter recolhido tantos gatos de uma única vez”, explica.

Para ajudar no controle populacional dos bichos, as Unidades de Vigilância e Controle de Zoonoses fazem castrações gratuitas. Os procedimento em clínicas particulares custam de R$ 150 a R$ 200.

O médico veterinário do UVCZ de Palmas diz que o controle populacional de animais de rua é realizado com parcerias. “As pessoas se disponibilizam, trazem os animais e a gente faz o procedimento cirúrgico, faz a devolução aos locais e tenta-se a adoção deles”, explica.

Os cuidados também reduzem o risco de transmissão de doenças. “Algumas doenças de pele ou doenças como a raiva, que inclusive é prevenida com a vacina. A gente tem a vacina o ano todo, gratuitamente, para a população imunizar os animais”, disse o veterinário Leandro.

Castração de gatos pode ser feita gratuitamente — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Castração de gatos pode ser feita gratuitamente — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.