Este porquinho foi pisado em um terreno de abóboras de um mini zoológico e quase morreu. Mas olhe para ele agora!

324
Fotos: Farm Sanctuary
Fotos: Farm Sanctuary

Eric, o leitão, nasceu e cresceu em uma plantação de abóboras de um mini zoo que também era uma fazenda de porcos e estande de vegetais. Junto com seus irmãos recém-nascidos e sua mãe, ele foi mantido em um celeiro visitado por crianças que podiam escolher os bebês e tirar suas fotos. Estas são os tipos de condições em que milhares de porcos e outros animais de fazenda têm que viver, mesmo que o estresse associado a tal tratamento seja demais para os animais lidarem. Em muitos desses casos, incluindo o de Eric, lesões são comuns, tornando quase impossível que os animais bebês tenham suas funções normais e até sobrevivam. Felizmente, o tempo de Eric no zoológico se encerrou bastante rápido, e ele começou sua nova vida no Farm Sanctuary!

A lesão do leitão provavelmente aconteceu quando alguém pisou numa de suas patas traseiras. Como resultado, Eric não conseguia ficar de pé sozinho, e foi deixado no chão do celeiro, pisoteado por outros leitões. Uma infecção em sua pata se espalhou para a articulação, o que era quase uma sentença de morte para um leitão minúsculo como ele.

Felizmente, uma mãe e sua criança compassivas perceberam a condição de Eric e falaram com o dono da fazenda. O que eles ouviram do fazendeiro foi que Eric “já era” e estaria morto no final do dia, e, se não estivesse, acabaria matando-o ele mesmo.

A família não desistiu do bebê negligenciado e perguntou se podiam levar Eric com eles. Sabendo que o leitão precisava de tratamento veterinário, entraram em contato com o Farm Sanctuary.

Quando Eric chegou ao Santuário de Nova York, suas patas foram examinadas, e ele foi levado às pressas para o Hospital Veterinário da Universidade de Cornell, onde as radiografias confirmaram a suspeita por parte dos resgatistas de uma infecção na articulação.

A pequena articulação de Eric foi lavada e injetada com gotas de antibiótico. Ele recebeu analgésicos e foi levado para casa imediatamente para continuar seus tratamentos lá por estar tão assustado.

Ferido e ainda dependendo de leite para se alimentar, Eric foi mantido muito perto dos escritórios do abrigo, com muitos cobertores quentes para que pudesse ser monitorado o tempo todo.

Logo, ele se apaixonou por seus cuidadores e desenvolveu um relacionamento especial com uma gata chamada Azrielle, assim como com … um porco de pelúcia da marca Gund.

Após semanas de tratamento, o leitão teve permissão para sair, onde conheceu sua primeira amiga porca, Jane, de quem ele se tornou quase inseparável.

Agora, Eric está crescido…

…mas mesmo assim ele ainda é aquele um pequeno e doce porquinho que entrou no santuário pela primeira vez.

Como seus cuidadores escreveram, Eric ama a todos e quer se aconchegar o tempo todo. Ele sofre de problemas nas patas, comuns em raças de suínos industriais, mas sua condição é provavelmente uma questão congênita. Ele precisa de medicação para que seu corpo doa menos, mas ele não se importa. Afinal, graças aos seus primeiros resgatistas e ao santuário, ele agora tem o que deve parecer o paraíso na Terra! E ele deixa seus cuidadores cientes do quanto ele os aprecia todos os dias.

Para saber mais sobre o Farm Sanctuary, clique aqui.

Por Aleksandra Pajda / Tradução de Alda Lima

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.