Filhote de onça parda foi encontrado em usina de Santa Helena de Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

Filhote de onça-parda é resgatado após se perder da mãe, em Santa Helena de Goiás, GO

Um filhote de onça-parda, também conhecida como suçuarana, foi resgatado após se perder da mãe, na quarta-feira (16), em Santa Helena de Goiás, na região sudoeste do estado. Segundo o Corpo de Bombeiros, animal foi encontrado por um fazendeiro na região de mata de uma usina. Conforme a corporação, o felino tem cerca de 20 dias de vida e estava desidratado.

VÍDEO: Filhote de onça-parda é resgatado após se perder da mãe, em Santa Helena de Goiás

De acordo com o bombeiro Hernane Caravalho, o fazendeiro tentou fazer com que o filhote fosse reencontrado pela mãe, mas não conseguiu. “A suspeita é que o barulho das máquinas tenha assustado a mãe. Eles tentaram alimentar e deixar o animal no mesmo local, para ver se a mãe o encontrava, mas não tiveram sucesso”, contou.

Onça está sendo alimentada por uma mamadeira improvisada com seringa, em Santa Helena de Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)
Onça está sendo alimentada por uma mamadeira improvisada com seringa, em Santa Helena de Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

O filhote foi encontrado na manhã de quarta-feira e foi levado pelo fazendeiro ao quartel da corporação, na cidade. O bicho estava sem nenhum tipo de ferimento, mas foi levado para uma clínica veterinária, onde foi examinado. Ele está sendo alimentado com leite por meio de uma seringa.

“Não tem filhote que não tenha saudade da mãe. Então, mesmo não sendo humanos, os animais têm aquela afetividade enorme com a mãe”, afirmou o veterinário Alberto de Morais.

A onça foi levada para Centro de Triagem de Animais Silvestre (Cetas), onde está se recuperando. Quando estiver resistente, o animal deve ser solto na natureza.

Por Murillo Velasco

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *