Fiscalização recolhe cavalos e vacas soltos em vias públicas do Cabo de Santo Agostinho, PE

Gestão municipal quer que população ligue para denunciar a existência dos animais abandonados.

146
Donos tem quatro dias para resgatar os animais, caso contrário, eles serão doados para moradores da zona rural. (Foto: Secom Cabo/Divulgação)
Donos tem quatro dias para resgatar os animais, caso contrário, eles serão doados para moradores da zona rural. (Foto: Secom Cabo/Divulgação)

Cavalos e vacas soltos em vias públicas do Cabo de Santo Agostinho estão sendo recolhidos através de uma ação da Superintendência de Desenvolvimento Rural. Além das denúncias que podem ser feitas por telefone, a gestão articula fiscalizações para averiguar a existência dos animais abandonados no perímetro urbano e nas rodovias federais que cortam a cidade. “Eles são seres irracionais e precisam de cuidado”, destacou o superintendente de Agricultura, Aziel Almeida.

Em caso de recolhimento, o dono do animal tem quatro dias úteis para reivindicar a posse do cavalo ou vaca, caso contrário, o bicho será doado para famílias carentes da zona rural. Segundo Aziel Almeida, a gestão tem intensificando as ações de fiscalização nos bairros de Ponte dos Carvalhos e na Charneca, já que nessas áreas foram recolhidos cerca de sete espécies.

DENUNCIE

Quem tiver informações sobre animais de grande porte soltos em local indevido pode entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Cabo através do número (81) 3521-6770.

Fonte: Diário de Pernambuco

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.