Fotógrafa deixa gato em pet shop de Brasília (DF) e recebe animal morto em saco de lixo

Animal teria se estressado e falecido na hora do banho.

10639
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A fotógrafa Marina Assunção Duarte, 21 anos, levou seus dois gatos, Felpudinho e Aisha, para serem vermifugados e tomarem banho no Pet Shop Dog Tique, na 413 da Asa Sul, Brasília (DF), na última quarta-feira (4). No entanto, a surpresa veio quando ela descobriu que um dos animais morreu durante o banho.

“Voltei para buscar os dois às 16h30. Falei com uma moça, mas ela não me respondeu, apenas levantou e saiu. Logo depois, o veterinário chegou. Perguntou se eu tinha problema de coração. Disse que não e ele me contou que o Felpudinho estava morto”, contou Marina em entrevista ao Metrópoles.

O veterinário questionou o porquê de Marina não ter avisado sobre o gato ser estressado. Ele argumentou que teriam sedado o animal se soubessem da condição dele. Marina revelou ainda que ficou sem saber o que fazer com o corpo do animal e o veterinário propôs colocá-lo no freezer do pet shop.

A reportagem entrou em contato com o Pet Shop Dog Tique. O veterinário responsável pelo atendimento a Felpudinho, José Caetano de Assis Filho, disse que o felino ficou estressado e teve problemas respiratórios durante o procedimento. “O rapaz que deu o banho disse que o gato estava muito estressado e que teria passado muito mal no momento da secagem, chegando a ter uma parada cardiorrespiratória. Levei ele para o consultório e tentei reanimá-lo, mas já era tarde”, explicou.

Assis também disse que os animais mortos vão para o freezer até que uma empresa especializada os busque para fazer a exumação. O corpo do gato foi encaminhado para a necrópsia e Marina aguarda o resultado para entrar com processo contra a Dog Tique.

Fonte: Notícias ao Minuto


Nota do Olhar Animal: ​​Os especialistas não recomendam que se dê banho em gatos. Com ele, retira-se as defesas de sua pelagem, construídas nas lambeduras que o animal faz exaustivamente durante a vida toda. Essas lambeduras criam uma resina na pelagem do gato. Além do mais, o banho comumente é bastante estressante para estes animais, o que explica muitas fugas e mesmo mortes em pet shops.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.