Funcionário de farmácia é acusado de agredir cachorro com pedaço de madeira em Sinop, MT

A empresária, de 36 anos, acusou, ontem, na delegacia de Polícia Civil o funcionário de uma farmácia, de 23 anos, de agredir com um pedaço de madeira o cachorro dela. O animal foi levado ao veterinário, que constatou lesões no focinho e teve que passar por tratamento.

Segundo a denunciante, sua casa é nos fundos da farmácia e escutou o cachorro latindo alto, quando foi averiguar a situação flagrou o suspeito cometendo as agressões. Ela ainda relatou que quando perguntou o motivo o funcionário apenas disse que o animal merecia.

A mulher pediu providências as autoridades policiais. O caso foi registrado como crueldade contra animais consumada.

Fonte: Só Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.