Gato sofre agressão na rua, quase perde a pata e é socorrido em Centro Veterinário de Ponta Porã, MS

292
Gato sofre agressão na rua, quase perde a pata e é socorrido em Centro Veterinário de Ponta Porã, MS

A emissora Líder FM 104,9 teve acesso ao relatório de atendimento de um gato que sofreu agressão na rua, quase perdeu a pata, ele passou por cirurgia no Centro Veterinário de Ponta Porã.

A ação de salvamento aconteceu na segunda-feira, dia 25 de setembro de 2017 por volta das 10 horas, quando deu entrada no Centro Veterinário um gatinho por nome de Nino, sem raça definida, com 10 meses de idade tutelado pela senhora Franciele que alegava que seu animal estava com a patinha machucada e não conseguia andar direito, acreditava que ele teria sido machucado na rua, pois fugiu e ficou 2 dias fora de casa.

O animal foi avaliado pelo médico veterinário especialista em ortopedia de pequenos animais Dr. Marcelo Rezende o qual verificou “febre alta, muita dor na patinha direita e necrose em todo o pezinho direito o qual estava extremamente inchado. Diante dos sintomas foi suspeitado de fratura no pezinho e solicitado exame de radiografia”. No exame foi constatado a presença de um arame que amarrava todo o pezinho na altura do tornozelo e isso fez com que cortasse a irrigação sanguínea e levou a necrose e e inflamação do membro.

O paciente foi medicado, internado e encaminhado ao Centro Cirúrgico para a remoção do arame sob efeito de anestesia geral. O procedimento durou cerca de 20 minutos.

De acordo com Dr. Marcelo “Nino passa bem, esta respondendo satisfatoriamente ao tratamento e vamos fazer o possível para que não seja necessário fazer a amputação de sua perninha. Ele segue internado e em breve voltara para sua casa onde dará continuidade ao tratamento”.

Fonte: Jornal Che Fronteira

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.