Gatos viajam 400 km em motor de carro e bombeiros buscam tutor; veja

Motorista saiu de Franca e seguiu até São Paulo com animais no veículo. Vídeo mostra momento em que um dos felinos é retirado todo sujo.

408
Gatos viajam 400 km em motor de carro e bombeiros buscam tutor; veja
Gatos viajaram por aproximadamente 400 km em motor de carro até chegar em São Paulo (Fotos: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Dois gatos passaram por uma jornada no mínimo curiosa há cerca de uma semana no Estado de São Paulo. Uma motorista que estava em um sítio localizado no município de Franca (SP) deixou o local e fez uma viagem de carro de aproximadamente 400 km levando os felinos no motor de seu carro sem perceber. Agora, os bombeiros tentam achar os tutores dos animais.

Segundo o cabo do Corpo de Bombeiros, Leandro Vergari, a motorista, que não se identificou às autoridades, parou seu veículo no posto onde ele atende no bairro do Tucuruvi, na Zona Norte de São Paulo, no dia 9 de fevereiro, e afirmou que havia um animal no interior de seu automóvel.

“Eles vieram pra cá sem querer. Uma mulher parou aqui no quartel com o carro e disse que tinha um bicho dentro do veículo. Começamos a procurar e reviramos porta-malas, porta-luvas, bancos, mas não achávamos nada. Porém, de vez em quando, escutávamos algo. Em determinado momento ouvimos um miado perto da roda. Quando entramos em uma parte inferior do carro vimos um gato preso no meio dos fios, das tubulações, perto da roda. Deu um trabalho pra puxar porque ele estava cheio de graxa”, afirma.

Um vídeo gravado pelos profissionais mostra o momento em que um dos felinos foi retirado da parte inferior do veículo. O cabo acredita que ele tenha viajado perto do motor durante todo o caminho desde Franca até São Paulo, já que a motorista disse que não fez paradas no meio do caminho. Ao retirar o gato do carro, eles foram surpreendidos por um segundo felino.

“Assim que tiramos um, o outro já pulou da roda da frente, perto do motor e ficou junto no pátio. A mulher ficou morrendo de medo, não queria chegar nem perto e disse que não eram dela. Ainda perguntamos se não poderiam ser de algum vizinho e que poderiam ter entrado no carro, mas ela disse que tinha acabado de vir de um sítio em Franca e não parou mais até chegar a São Paulo, ou seja, os gatos viajaram mais de 400km na roda, no motor, do carro”.

Sem saber como proceder, os bombeiros entraram em contato com uma vendedora conhecida para divulgar o vídeo do resgate dos gatos. Luciana Paciello fez uma postagem em seu perfil no Facebook e agora tenta ajudar os profissionais a localizar os tutores originais dos gatos, que estão bem, e passaram a viver perto do quartel do Corpo de Bombeiros.

“O pessoal ficou espantado porque eles rodaram mais de 400 km na parte inferior do carro, acho que perto do motor. Olha só a loucura. Fiz contato com os bombeiros de Franca, mas eles não tinham como me ajudar, então acho que se divulgarmos isso, quem sabe não aparecem os donos”, explica a vendedora.

Atualmente, os gatos podem ser vistos andando por uma praça que fica localizada perto do Corpo de Bombeiros e dormem ao lado do alojamento dos profissionais. O cabo afirma, entretanto, que eles estão preocupados porque há uma avenida movimentada próxima do local e temem que eles possam ser atropelados.

“Parecem ser gatos bem caseiros, bem cuidados. Eles não quiseram prender e agora querem ver se os donos aparecem ou se alguém quer adotá-los”, finaliza Luciana.

Logo após salvar primeiro gato, um segundo surgiu da parte da frente do veículo

Por LG Rodrigues

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.