Grupo denuncia maus-tratos e suposta matança de animais em Canil de Juazeiro (BA); Secretaria de Saúde rebate

490
Fotos: Reprodução Facebook
Fotos: Reprodução Facebook

O grupo intitulado ‘Proteção Animal Vale do São Francisco’ procurou o Blog para denunciar um problema relacionado ao Canil/Gatil de Juazeiro (BA). “Várias colônias de cães e gatos estão desaparecendo de forma assustadora. Temos informações que alguns desses animais foram levados para o Canil/Gatil Municipal da cidade e desapareceram“, diz o grupo.

Eles também fizeram a denúncia numa página no Facebook, onde há um vídeo gravado por uma protetora. Nas imagens, segundo o grupo de proteção animal, alguns nomes são citados. Inclusive o servidor do canil municipal manda representantes da proteção animal irem procurar o prefeito para buscar satisfações.

DENUNCIA !!!!Compartilhem.Recebemos esse vídeo e o pedido de socorro desesperado de vários protetores de animais na cidade de Juazeiro-BA. Vários animais que vivem nas ruas e são alimentados diariamente por protetores, estão sumido de forma misteriosa. Varias colônias de cães e gatos estão desaparecendo de forma assustadora. Temos informações que alguns desses animais foram levados para o canil/gatil Municipal da cidade e desapareceram. No vídeo anexado a essa postagem podemos ver o que realmente está acontecendo. No vídeo alguns nomes são citados, inclusive o servidor do canil municipal manda representantes da proteção Animal ir procurar o prefeito para buscar satisfações.JUAZEIRO BAHIA está promovendo a captura e assassinato dos animais que vivem nas ruas. Isso é CRIME!!!! Os animais estão sendo torturados, sendo colocados em sacos plásticos e mortos de forma CRUEL.É doloroso saber o quanto trabalhamos pelo bem estar dos animais e vem uma Prefeitura de forma desrespeitosa e criminosa promover a matança . O que esse gato do vídeo está fazendo dentro de uma Sacola ? Queremos chamar a atenção do MINISTÉRIO PÚBLICO para esses crimes que estão sendo praticados pela secretária de Saúde em Juazeiro Bahia.Querendo chamar atenção do prefeito PAULO BONFIM, pois essa matança que está acontecendo em seu governo.REPUDIAMOS veementemente o veterinário responsável pelo canil/gatil municipal.Pedimos ao conselho de medicina veterinária que tome as devidas e cabíveis providências na punição desse veterinário cumplice dessas atrocidades. Exigimos explicações da secretaria de Saúde!O controle populacional é feito através da castração, não da eutanásia cruel de animais saudáveis. A verba do SUS, o dinheiro da saúde no município de Juazeiro está sendo usado para matar os animais ???? Outro crime!!! Exigimos a interdição imediata do Canil/Gatil municipal de Juazeiro-BA.Exigimos repostas!Com a palavra… A secretaria de saúde e o prefeito Paulo Bonfim.Estamos aguardando…

Publicado por Proteção Animal Vale do São Francisco em Quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Na denúncia, os protetores dizem que “Juazeiro está promovendo a captura e assassinato dos animais que vivem nas ruas. Isso é crime! Os animais estão sendo torturados, sendo colocados em sacos plásticos e mortos de forma cruel“, afirma o grupo.

O vídeo publicado ainda mostra um gato dentro de uma sacola. Eles questionam esse fato. “É doloroso saber o quanto trabalhamos pelo bem-estar dos animais, e vem uma prefeitura, de forma desrespeitosa e criminosa, promover a matança. O que esse gato do vídeo está fazendo dentro de uma sacola?”, perguntam.

Eles repudiam a suposta matança de animais e exigem explicações do prefeito e da Secretaria de Saúde, além de pedirem a interdição do canil. “Exigimos a interdição imediata do Canil/Gatil municipal de Juazeiro. Exigimos repostas”, protestam.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Saúde (Sesau) disse que condena qualquer tipo de maus tratos aos animais e ainda explica por quê o gato estava dentro de uma sacola. Além disso, a Sesau ressalta que “a carrocinha só realiza o recolhimento de animais que já foram previamente diagnosticados com raiva ou leishmaniose.”

Acompanhem a nota, na íntegra:

A Secretaria de Saúde de Juazeiro esclarece que condena qualquer tipo de maus tratos aos animais. Esclarece ainda que o gato que foi encontrado dentro de um saco plástico estava sendo imobilizado para administração de uma medicação, visto que o animal se mostrou arisco, e reitera que em nenhum momento houve intenção de asfixiá-lo ou causar qualquer tipo de sofrimento.

Informa também que a carrocinha só realiza o recolhimento de animais que já foram previamente diagnosticados com raiva ou leishmaniose. Frisando que a eutanásia só é realizada em casos determinados pelos protocolos do Ministério da Saúde, como no caso da leishmaniose, por exemplo, em que o animal que é sororreagente precisa passar por eutanásia para não contaminar outros animais e seres humanos.

Esse procedimento respeita ainda as legislações para não causar sofrimento aos animais, seguindo os protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde e pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Ascom/Sesau

Fonte: Carlos Britto

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.