Homem chuta cadela, agride policiais e acaba detido, em MS

Caso ocorreu na noite da última quarta-feira (29), em Três Lagoas.

793
Foto: Divulgação/PMA
Foto: Divulgação/PMA

Na noite da última quarta-feira (29), uma mulher foi ao quartel da Polícia Militar Ambiental em Três Lagoas, para denunciar seu amásio, que teria praticado maus-tratos a sua cadela de raça poodle. Segundo a denunciante, o suspeito teria desferido diversos chutes em sua cadela, causando hemorragias que fizeram com que o animal defecasse sangue.

A guarnição policial foi ao local indicado pela denunciante e verificou que a cadela estava extremamente debilitada. O infrator negou o crime e, ao ser chamado para ir à Delegacia, negou-se e passou a xingar os policiais, que o advertiram sobre o crime de desobediência e desacato. Em um ataque de fúria, o acusado passou a desferir chutes e socos na equipe, que conseguiu dominá-lo e algemá-lo.

O autuado foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de três meses a um ano de detenção. Ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 2.000,00. O infrator também responderá por crime de desobediência, resistência à prisão, desacato e lesões corporais aos policiais.

Fonte: O Pantaneiro (com informações da Assessoria de Comunicação da PMA)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.