Homem é condenado por matar cachorro após desentendimento com ex-namorada em Bandeirantes, PR

255

A juíza da Vara Criminal de Bandeirantes (Norte Pioneiro), Fabiana Januário Pesseghini, resolveu condenar Rodolfo Barbosa pela morte de um filhote de cachorro de cinco meses, atirado contra o chão após uma discussão que envolveu a mãe e ex-namorada do réu. De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, o rapaz violentou o animal depois que ele latiu. O denunciado também teria intimidado a jovem, afirmando “que também lhe agrediria, assim como fez com o cão”.

Segundo o MP, a briga aconteceu porque Rodolfo não concordou que a mãe tivesse dormido na casa da ex, que também foi alvo de xingamentos. Apesar do crime, o rapaz pagou fiança de R$ 788 e saiu da prisão. A Justiça determinou que ele não se poderia se aproximar da antiga namorada, mantendo assim uma distância de 100 metros. Outra obrigação é que o réu ficasse em casa entre 22h e 6h.

Conforme a juíza, Rodolfo terá que cumprir pena de um mês e 22 dias em regime aberto. Durante interrogatório, ele disse que “não ameaçou ninguém e teria ido à casa da ex apenas para chamar sua mãe. O cachorro teria lhe mordido o dedo. Por isso, chacoalhou a mãe para se desvencilhar do animal, que bateu a cabeça ao chão, vindo a morrer logo depois”.

Por Rafael Machado

Fonte: Bonde

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.