Homem é preso por crime ambiental por transportar gaiola com curió em RO – Olhar Animal
Homem é preso com ave silvestre no assoalho de carro em posto da PRF em RO (Foto: Jheniffer Núbia / G1)

Homem é preso por crime ambiental por transportar gaiola com curió em RO

Em uma fiscalização feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde de domingo (18) foi apreendido curió, uma ave da fauna nativa. O animal foi encontrado no assoalho do carro de um homem de 37 anos que foi preso por crime ambiental. O motorista não possuía documentação com registro da ave. Ele disse aos policiais que recebeu a ave como uma doação no município de Itapuã Do Oeste. O animal silvestre está ameaçado de extinção.

No domingo (17) no posto policial da PRF, que fica no Km 698 na BR-364, na Zona Rural de Porto Velho, foi realizada uma fiscalização de rotina a um carro abordado. Durante a revista, foi solicitado ao motorista que baixasse todos os vidros das janelas do automóvel.

No assoalho do carro havia uma gaiola com uma ave curió. O animal da fauna nativa está ameaçado de extinção. Questionado, o homem disse que não possuía a documentação da ave e que recebeu o animal como uma doação no município de Itapuã Do Oeste e que pretendia levá-la para a residência em Porto Velho.

Diante das informações obtidas pela PRF, o homem foi encaminhado à Central de Flagrantes da capital pela ocorrência na Lei de Crimes Ambientais – que abrange no itens de matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, com a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a obtida. A ave também foi apreendida.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.