Homem flagrado com quatro animais silvestres mortos é preso por crime ambiental em Cruzeiro do Sul, AC

Flagra ocorreu no município de Cruzeiro do Sul, neste domingo (18).

242
Homem foi flagrado com animais silvestres em Cruzeiro do Sul. (Foto: Divulgação)
Homem foi flagrado com animais silvestres em Cruzeiro do Sul. (Foto: Divulgação)

Um homem de 33 anos flagrado com quatro animais silvestres foi preso por crime ambiental em Cruzeiro do Sul. O flagra ocorreu no município de Cruzeiro do Sul, neste domingo (18).

O suspeito foi abordado na BR-364, próximo à entrada da Ramal 7, no Projeto Santa Luzia, na zona rural da cidade. No momento em que foi abordado, ele estava em uma moto e transportava um saco na garupa. Ao ser questionado pelos PMs o conteúdo que havia no saco, ele disse que peixe.

Depois assumiu que eram três pacas e um quati, que tinha caçado em uma pescaria no Rio Campinas para o consumo da família. Os militares perguntaram onde estava o material de pesca e ele disse que estava na ponte do rio em um barco.

O homem e os policiais foram onde estava o barco e encontraram um isopor com alguns peixes, um quati e materiais de pesca.

Como a delegacia não dispõe de meios para o armazenamento da carne, os policiais acionam um funcionário de Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), que se encarregou de armazenar a carne.

O delegado Lindomar Ventura afirmou que o suspeito vai responder pela prática de crime ambiental.

“Já ouvimos o acusado. Ele colocou suas declarações e razões que o levaram a realizar o caça dos animais silvestres. O caso será encaminhado à Justiça para as providências. O rapaz não tem passagem pela polícia. Infelizmente, é costume na região a prática de caça em comunidades rurais”,falou.

Na manhã de segunda-feira (19), fiscais do Imac fizeram a doação da carne a uma instituição que trabalha com recuperação de dependentes químicos.

Por Adelcimar Carvalho 

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.