Ibama reforma centro de triagem em Fortaleza, CE

O Centro de Triagem de Animais Silvestres mantido pelo Ibama em Messejana, na Capital cearense, ganhou sua primeira reforma depois de 15 anos de atividades. O custo total ficou na faixa dos R$ 700 mil, segundo o superintendente estadual do órgão, Herbert Lobo.

Esses estabelecimentos recebem animais silvestres por entrega voluntária, resgate ou oriundos de apreensão de fiscalização, recuperam e destinam esses animais por meio de soltura ou encaminhamento para empreendimentos de fauna devidamente autorizados.

“Com essa reforma, ganhamos melhores condições para esse tipo de trabalho do Instituto”, garante Lobo, que deverá inaugurar o centro em março próximo, com a presença da cúpula do Ibama de Brasília. Ele acrescenta que está fechando com a Fundação Getúlio Vargas outra ação que considera importante: a reciclagem do corpo técnico do órgão. “Estamos fechando um programa de formação e capacitação de gestores, com o objetivo de sintonizar o órgão para novas demandas da sociedade. Essa capacitação terá início em abril próximo”, adianta Lobo que, pelo visto, e mesmo com pouca verba, tenta fazer com que o Ibama cumpra de fato suas tarefas em defesa do meio ambiente. Sem fazer inveja à Seuma.

Fonte: O Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.