Iguana e papagaio encontrados na rua no Recife são entregues à CPRH

Dois animais silvestres encontrados provavelmente perdidos de seus tutores no Recife foram entregues à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) esta semana para que sejam avaliados, tratados e reintroduzidos na natureza. Pelas características relatadas pelos responsáveis pelos resgate, tanto o papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva), encontrado na Várzea, Zona Oeste da capital pernambucana, quanto a iguana (Iguana iguana), achada em Areias, eram criados em cativeiro.

Papagaio teve a sorte de escapar de um grupo de cães. Foto: CPRH/Divulgação

A ave, já adulta, foi encontrada pelo aposentado Moacir Correia Guimarães Filho, e teve a sorte de escapar de um grupo de cães. Ele, que é dono dos cachorros, tem o costume de soltar os animais e um terreno vizinho á casa onde mora para deixá-los correr. No domingo, ao levar os animais até o local, eles os viu agitados e latindo.

Ao se aproximar, Moacir avistou o papagaio, conseguiu afugentar os cães e capturar o pássaro com a ajuda de uma toalha. “Ele com certeza era criado e fugiu. Por isso trouxe para que volte a viver livre. É muito triste ver uma ave numa gaiola”, afirmou o aposentado ao entregá-lo à CPRH.

Já a jovem iguana foi capturada pelos universitários Ramon Raia e Thatiany Botelho. Muito dócil e familiar ao contato com humanos, réptil foi achado em uma praça de Areias, na Zona Ooeste do Recife. Os responsáveis pelo resgate são estudantes de medicina veterinária da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e, por isso, tinham consciência da necessidade da entrega do animal aos órgãos competentes.

Tanto o papagaio quanto a iguana foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), onde serão reabilitados antes de voltar à natureza.

Fonte: OP9

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.