Foto: Wikimedia Commons

Insista para que a Flórida (EUA) dê um passo em direção ao futuro e acabe com o cativeiro de orcas AGORA!

A questão do cativeiro de cetáceos tem sido um tópico quente nos direitos dos animais há décadas, mas, em grande parte graças a documentários reveladores como Blackfish e The Cove, tornou-se uma preocupação dominante também.

Esses filmes revelaram que os cetáceos cativos são capturados impiedosamente na natureza, arrancados de suas famílias, mantidos em recintos não naturais, inadequados e espantosamente apertados, e obrigados a realizar “truques” para multidões barulhentas em troca de comida. Em programas de criação em cativeiro, os animais são emprenhados à força, e os bebês são imediatamente tirados de suas mães no nascimento, resultando em choros cortantes por dias ou semanas das mães devastadas. A vida em cativeiro causa condições de saúde graves, incluindo zoochosis, um transtorno psicológico severo característico por apresentar um comportamento compulsivo, muitas vezes autodestrutivo, como vagar, mastigar as paredes ou mesmo tentar suicídio. As barbatanas dorsais caídas, os dentes quebrados e faltantes, as cicatrizes e lesões causadas por brigas resultantes da divisão de espaços minúsculos e a estimativa de vida reduzida são a norma para os cetáceos em cativeiro, mas, felizmente, parece que as marés estão lentamente mudando para melhor.

A pressão pública resultante do conhecimento dos graves maus-tratos e da negligência que os cetáceos aprisionados sofrem forçou os legisladores a começarem a proteger essas magníficas criaturas do mar. A Califórnia proibiu a criação de orcas em cativeiro e as apresentações em 2016, Vancouver proibiu manter os cetáceos recém-adquiridos em cativeiro em 2017, e agora foi introduzida na Flórida uma lei que proíbe a criação e a exibição de orcas cativas.

A Flórida é o lar do SeaWorld, em Orlando, e do Miami Seaquarium, onde Lolita, a orca, viveu isoladamente em um tanque com menos de duas vezes o seu tamanho por mais de 45 anos. Uma petição no Care2 foi criada para que o público expresse sua opinião e incentive os legisladores desse estado a aprovarem o projeto de lei que acabaria com a criação de orcas e shows no estado. Por favor, reserve um momento para assinar a petição em apoio à Lolita e a todos os outros cetáceos em cativeiro usados para “entretenimento” na Flórida.

A maneira mais fácil de combater o cativeiro de cetáceos é nunca comprar um ingresso para um lugar que explora animais em busca de lucro. Algumas pessoas ainda desconhecem completamente a realidade brutal do cativeiro de cetáceos, por isso, certifique-se de divulgar esse problema grave e compartilhar isso em suas redes sociais!

ASSINE A PETIÇÃO!

Por Natasha Brooks / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.