Instituição particular e sargento da PM levam palestra sobre abandono de animais domésticos

172
Instituição particular e sargento da PM levam palestra sobre abandono de animais domésticos

Conhecido na baixada cuiabana por resgatar cães e gatos das ruas de Cuiabá, o sargento Vidal da Policia Militar, em parceria com a Multiplo Educacional, Cursos, Graduações e Pós-graduações   realizaram palestra sobre maus tratos e abandono de   animais domésticos, por meio do Projeto Escola Espaço de Aprendizagem e Promoção Social: Sargento Vidal no Mundo Animal “au au que mia” nesta quinta-feira (06), na Escola Souza Bandeira na Capital. 

A ideia é   levar aos alunos da unidade a conscientização e cuidados com os animais, bem como amar os bichos, principalmente os domésticos, como cães e gatos de uma forma   especial.

O principal objetivo é transformar esses alunos em multiplicadores e agentes de conscientizarão animal, dessa forma aprendendo a defender e a cuidar   dos bichos, alienando respeito mútuo e zelo entre seres humanos e animais, além de estabelecer um espaço de aprendizado e promoção social

A palestra que aconteceu no período matutino e vespertino concentrou mais de mil alunos no pátio da escola, que assistiram um vídeo educativo mostrando o sentimento de um cão ao ser abandonado pelo dono.

Exemplo de conscientização

Durante a palestra, Vidal mostra o cão “Sargento”, mestiço da raça lavrador, de cinco meses de idade, considerado prova viva do abandono e preconceito, já que nasceu sem as duas patas dianteiras.

“Ele é um cão incrível, me apaixonei por ele quando o encontrei. Onde passa leva alegria para as pessoas. Sempre feliz e descontraído, apesar das limitações”, relata o sargento

Para a aluna Amanda Kristina Costa de 8 anos, é importante o dono dar carinho e atenção para o bicho todos os dias, explicando que tem um cachorrinho chamado bingo e todos os dias coloca comida para ele na hora certa.

“Minha mãe ensinou que os animais trazem alegria para a casa e se não cuidar direitinho deles ficarão doentes e podem morrer. Eles nos divertem bastante. Sou muito feliz por ter o meu cãozinho. Quando chego da escola, já fica me esperando na porta de casa”, disse a aluna.

Há sete anos focado no resgate de cães e gatos, tanto que é conhecido como defensor da causa animal, relata que encontro o encontro é uma forma de despertar o interesse dos estudantes o desejo de conhecer a vida animal, e que eles dependem do ser humano.

Ao observar o trabalho de Vidal, Gabriel resolveu seguir os passos do avô, tornando um protetor mirim ao mostrar o tratamento adequado com os animais domésticos e compartilhando durante a palestra.

Já a coordenadora do Multiplo Educacional Elinde Nogueira, uma das idealizadoras do projeto nas escolas, explica que a criação desse trabalho surgiu a partir da problemática dos cães abandonados, maltratados e desprezo, já que são bichos importantes para o planeta.

“O trabalho realizado por crianças e adolescentes, pelo fato deles serem multiplicadores em questão de educação, é uma forma de conscientizar o próprio adulto, ao ver um cão ou gato abandonado.  Pretendemos levar essa palestra não só para escolas públicas, mas também particulares”, disse ela.

Fonte: O Documento 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.