Jacaré é encontrado por banhistas na Praia do Gunga, em AL

192
Jacaré-de-papo-amarelo foi encontrado por banhistas na Praia do Gunga (FOTO: CORTESIA)
Jacaré-de-papo-amarelo foi encontrado por banhistas na Praia do Gunga (FOTO: CORTESIA)

Um jacaré foi encontrado por banhistas na Praia do Gunga, localizada no Litoral Sul de Alagoas, na tarde desta quarta-feira (24). Uma guarnição do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) foi acionada e três militares estão no local para resgatar o animal.

A aparição do animal, que pelas características informadas é da espécie Cainan latirostris, conhecida como jacaré-de-papo-amarelo, é atualmente comum em Alagoas.

O médico veterinário especialista em animais silvestres, Isaac Albuquerque, explica que o atual período de reprodução, que inicia no mês de novembro e tem fim em março, é uma das causas da aparição do animal em locais públicos.

Além disso, o especialista explicou que o aumento da quantidade de água nas lagunas também provoca a migração desses animais. “Quando a água sobe, os jacarés procuram um local mais seco. E então acabam migrando para distâncias maiores. Com isso, a correnteza os leva para o mar”, explicou Isaac.

Apesar dos banhistas se assustarem com a aparição, a migração do animal para o mar também é perigosa para a espécie, que pode até chegar a óbito por conta da desidratação que ocorre devido a salinização.

A espécie, que pode chegar até a dois metros de comprimento, entrou em extinção em Alagoas há vinte anos, segundo informações do veterinário. Porém, o criatório localizado no bairro de Fernão Velho auxiliou a volta da espécie ao estado, que hoje voltou a ser comum.

Fonte: Gazetaweb

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.