Jacarés invadem área urbana no ES por perda de habitat, diz biólogo

Em 2017, cinco animais do tipo foram resgatados na região, sendo três em Vitória e dois na Serra, até novembro.

134
Perda de habitat faz quantidade de jacarés aumentar na Grande Vitória (Foto: Leonardo Merçon/ Instituto Últimos Refúgios)
Perda de habitat faz quantidade de jacarés aumentar na Grande Vitória (Foto: Leonardo Merçon/ Instituto Últimos Refúgios)

A quantidade de jacarés que passaram a ser vistos na Grande Vitória aumentou desde o último mês de outubro. Neste ano, cinco animais do tipo foram resgatados na região, sendo três em Vitória e dois na Serra.

Segundo o mestre em Ciência Ambiental e representante do Projeto Caiman Yhuri Carsodo Nóbrega, não há aumento no número de jacarés, mas a perda do habitat deles.

“Na verdade, as pessoas têm uma falsa impressão que há uma superpopulação de jacarés. Mas, não é assim. Os jacarés são superameaçados e eles estão perdendo habitat de uma forma muito abrupta, eles estão sem locais para ficar. Essa destruição tem proporcionado esses encontros inusitados”, falou.

Yhuri explicou que os animais aparecem, geralmente, em ambientes com água e mata.

VÍDEO: Especialista do ES explica aparecimento de jacarés nas áreas urbanas da Grande Vitória

“Tem bastante jacaré na área do aeroporto, na Serra, dentro da Arcelor, no parque da Vale. A Grande Vitória como um todo é um ambiente propício, porque os jacarés gostam de lugar com água e mata, lugar brejoso. Eles se refugiam cada vez mais nesses cantinhos”, disse.

Os animais resgatados pelo Projeto Caiman são soltos, normalmente, próximo de onde ele foi resgatado, se não houver área de conflito, ou então soltos em área determinada em conjunto com órgãos ambientais, em áreas de preservação.

Por Victoria Varejão e Gabrielle Manganeli

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.