Justiça determina transferência de chimpanzé que vive sozinho no Zoológico de Sorocaba, SP

Justiça determina transferência de chimpanzé que vive sozinho no Zoológico de Sorocaba, SP

Uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou que o chimpanzé Black, que vive no Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, em Sorocaba (SP), seja transferido para o Santuário dos Primatas.

O pedido de transferência foi feito pela Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA) e pela Associação Sempre Pelos Animais de São Roque. A batalha judicial já dura um ano.

Black tem 48 anos e atualmente vive sozinho em um recinto do zoológico. De acordo com a decisão judicial, o animal tem que ser transferido para a sua nova casa até o dia 5 de maio.

Vídeo: Justiça determina transferência de chimpanzé para o Santuário dos Primatas.

A Prefeitura de Sorocaba informou que foi notificada, mas, como a decisão cabe recurso, já foi pedida a suspensão da ordem do Tribunal de Justiça.

O Santuário de Grandes Primatas é uma propriedade particular, mantida por sua família fundadora, e é afiliado ao Great Ape Project/Projeto dos Grandes Primatas (GAP).*

Zoológico de Sorocaba abriga diversos animais — Foto: Matheus Fazolin/G1

Primeira vez no santuário

Em 2014, Black esteve temporariamente no santuário, a pedido do próprio zoológico, para manutenção de sua jaula. Naquele ano, ele se socializou com outros membros de sua espécie e conquistou até uma companheira, a chimpanzé Margarete.

Contudo, o zoológico exigiu sua volta e o mantenedor do santuário iniciou uma campanha pública pela permanência de Black, sem ter obtido sucesso na época.

Black tem 48 anos e atualmente vive sozinho em um recinto do zoológico — Foto: Divulgação/Prefeitura de Sorocaba

* Texto corrigido conforme solicitação do GAP.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.