Macaco filmado inalando fumaça de maconha no AM é levado para tratamento no Ibama

Jovem registrou momento em que assopra fumaça de cigarro contra primata. Ele vai responder por maus-tratos a animais silvestres.

239

Uma equipe da Cavalaria da Polícia Militar do Amazonas prendeu em flagrante, na noite desta quinta-feira (09), Aguinaldo Soares Vasconcelos Junior, 22, pelo crime de maus-tratos a animais. Conforme a PM, Agnaldo estava sendo monitorado após publicar, nas redes sociais, ao menos dois vídeos em que aparece fumando maconha e fazendo com que um macaco da espécie Sauim Boca Branca inalasse a fumaça gerada com o uso da droga.

A prisão aconteceu na residência de Aguinaldo, localizada na rua Brasil, bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele foi conduzido ao 10° Distrito Integrado de Polícia, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste.

O macaco que aparece nos vídeos foi recuperado pela PM e será entregue ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Segundo consulta feita pela reportagem no site do Tribunal de Justiça do Estado Amazonas (TJAM), Aguinaldo tem passagem pelos crimes de porte de entorpecentes e dano.

Os macacos da espécie Sauim são protegidos por leis municipais e federais. De acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais nº 9.605, de 1998, pelo crime, Aguinaldo pode ser condenado à detenção de 3 meses a 1 ano e mais pagamento de multa.

Registros

Os vídeos de Aguinaldo usando drogas com o macaco viralizaram em grupos de WhatsApp. Em dois registros que a reportagem teve acesso, Aguinaldo aparece consumindo maconha ao lado do macaco. Em um deles, no momento em que o rapaz abre a boca para soltar a fumaça gerada com o uso da droga, o animal se aproxima e inala o material. Em outro, o jovem aparece assoprando a fumaça em direção ao macaco.

Por Vitor Gavirati

Fonte: A Crítica

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.