Macaco resgatado em MS está bem e será encaminhado a Cras após feriado, diz PMA

Animal estava preso a uma coleira amarrada a um carrinho de mão em Ponta Porã (MS). Uma mulher de 58 anos dizia o que macaco era "seu filho".

168
Macaco resgatado em MS está bem e será encaminhado a Cras após feriado, diz PMA
Policiais e testemunha com o macaco-prego resgatado (Foto: PMA/Divulgação)

O macaco-prego resgatado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) preso a uma coleira em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, está na unidade em Dourados aguardando o fim do feriado para ser transferido para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras), em Campo Grande. Segundo a PMA, o animal está bem “pulando de um lado para o outro”.

Testemunha e uma entidade de proteção ambiental afirmaram que o animal estava sendo maltratado. A polícia foi acionada para verificar a solicitação de maus-tratos de animais e encontrou o primata com uma coleira amarrada em um carrinho de mão, com uma mulher de 58 anos.

Uma testemunha afirmou que ao passar pela rua Paraguai de motocicleta avistou a mulher maltratando o bicho. De acordo com o registro policial, a suspeita disse que “o macaco era seu filho”. Ela afirmou à polícia ainda que criava o animal silvestre desde pequeno.

O animal foi entregue para a testemunha, que é membro da ONG Irmandade das Patinhas, de proteção aos animais. Ela acionou a PMA de Dourados, que buscou o animal.

O G1 não conseguiu entrar em contato com a Polícia Militar de Ponta Porã para saber se a suspeita foi detida.

Macaco-prego estava preso com uma corda na cintura (Foto: Irmandade das Patinhas)

Por Juliene Katayama

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.