Arara vermelha foi um dos animais resgatados no município de Jaborandi - Foto: Divulgação | MP-BA

Mais de 200 animais silvestres são resgatados em fiscalização na Bahia

Mais de 200 animais silvestres foram resgatados na região de Santa Maria da Vitória, a 866 km de Salvador. As apreensões foram realizadas durante a 42ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), iniciada na última segunda-feira, 9.

Os animais resgatados são pássaros e jabutis. Segundo informações do Ministério Público da Bahia (MP-BA), entre eles estavam uma arara vermelha, resgatada no município de Jaborandi, e uma arara Canindé, localizada na cidade de Coribe.

Na terça, 10, um criador de animais foi preso após ser flagrado com um pássaro que estava com a anilha (documento de identificação dos animais legalizados) adulterada. O homem pagou fiança de R$ 477 e vai responder em liberdade por receptação de animal com anilha falsificada, podendo pegar de um a quatro anos de prisão.

Ainda em Santa Maria da Vitória, foram apreendidos 15 kg de um produto formicida, que era comercializado de forma ilegal em um estabelecimento vistoriado. O proprietário do comércio foi autuado em R$ 15 mil.

Em Sítio do Mato, técnicos e policiais retiraram do Rio São Francisco 1.500 metros de rede de pesca que estavam fora do padrão determinado pelo Ibama. Também foram destruídos 80 metros cúbicos de carvão armazenados no local e fornos que estavam em funcionamento.

Esta etapa da fiscalização tem como alvos as cidades de Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe, Canápolis, Santana, Serra Dourada, Tabocas do Brejo Velho, Brejolândia, Cocos, Coribe, Correntina e Jaborandi.

Fonte: A Tarde

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.