Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Ouvinte do programa LuizMeloEntrevista denuncia que falta de cerca ao longo da reserva ambiental expõe animais a risco, já tendo sido registradas várias mortes por atropelamentos.

156
Morador do bairro Novo Horizonte pede proteção para animais silvestres em Macapá, AP

Um ouvinte do programa ‘Luiz Melo Entrevista’ (Diário FM 90,9) que se identificou como Marcos, pediu na manhã desta segunda-feira (14), ao vivo, por telefone, que a prefeitura, através da secretaria do Meio Ambiente construa uma cerca de arame ao longo da reservada ambiental do bairro Novo Horizonte porque, segundo ele, de forma recorrente muitos animais morrem atropelados ao tentar atravessar a rodovia.

“ocorrem muitas mortes de animais aqui na rodovia, que são atropelados ao tentar atravessar a rodovia, que tem um movimento muito intenso. Eu próprio já vi dois gatos maracajás serem atropelados e neste domingo (13) foi uma lontra que morreu. Se a reserva ambiental é pra proteger os animais silvestres, é necessário que a prefeitura de Macapá, através da secretaria do Meio Ambiente construa uma cerca de arame em toda a extensão da reserva”, sugeriu.

O ouvinte também pediu à prefeitura de Macapá a instalação de um semáforo no cruzamento da Rua Cícero marques de Souza com a Avenida Sebastião Lamarão, no bairro Novo Horizonte porque, conforme ele explicou o local, que não possui sinalização registra um grande fluxo de veículos, o que tem provocado vários acidentes:

“Já estive na CTMac (Companhia de Trânsito de Macapá) várias vezes reclamando e pedindo a instalação de um semáforo no local, mas até agora nenhuma providência foi tomada. Por isso eu faço um apelo através deste programa para que esse semáforo seja instalado o quanto antes,  porque aqui acontece muito acidente; o mais recente que eu presenciei foi na última sexta-feira (11) quando um carro atropelou um motociclista. Aqui tem muitos ônibus passando e crianças atravessando a rua com frequência”, pediu.

Providências

O diretor-presidente da CTMac, André Lima, estava na bancada do programa para falar sobre o sistema de monitoramento de trânsito de Macapá e respondeu ao ouvinte: “Nós vamos avaliar para colocar um semáforo naquele cruzamento, porque de fato ficou um corredor muito intenso e já constatamos que alguns locais têm semáforos demais e outros locais semáforos de menos; também nós vamos colocar redutores de velocidade. Aquele local realmente se transformou em um corredor de várias linhas de ônibus, além da existência de duas escolas, uma próxima a outra, o que provoca um intenso fluxo de crianças atravessando a rua”.

A produção do programa tentou contato com a secretaria municipal de Meio Ambiente, mas ninguém atendeu e até o fechamento desta matéria não houve retorno aos telefonemas.

Fonte: Diário do Amapá 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.