Moradora denuncia ‘matança’ de animais domésticos envenenados

Pelo menos cinco gatos foram mortos supostamente envenenados.

305
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A moradora Dagma Tomaz da Silva, da Travessa 40 do Jardim Santa Izabel, em Tangará da Serra, MT, denunciou um fato lamentável que ocorreu no início desta semana no local onde reside há poucos meses.

Pelo menos cinco gatos foram mortos supostamente envenenados, sendo quatro de Dagma, que ficou chocada na madrugada desta segunda quando acordou para trabalhar e se deparou com seus animais de estimação estirados no chão já sem vida.

“Era 5 da manhã, eu estava saindo para ir trabalhar quando abri a porta e vi meus gatos todos envenenados”, lamentou, contando que quatro deles estavam mortos no quintal e dentro de casa e um quinto desapareceu e continua desaparecido.

“Como pode ter gente tão ruim? Meus gatos nunca perturbaram ninguém, aí chega uma pessoa sem alma e faz isso. Acho que todos têm que ficar espertos com seus bichos”, completou, explicando que outro gato de um vizinho também apareceu morto na noite do mesmo dia.

Dagma informou ainda que não tomou nenhuma providência, mas que continua de coração  na mão após perder seus animais de estimação.

Anelisa Oliveira, que desenvolve um trabalho que visa proteger os animais domésticos em Tangará da Serra, explica que esse tipo de atitude, apesar de lamentável, é muito comum. Ela conta que a maioria dos envenenamentos partem de pessoas que reclamam que os gatos rasgam os sacos de lixo e fazem sujeira em frente às suas casas.

“São muito poucas pessoas que gostam de gatos, por isso tanto envenenamento, muita crueldade, muita maldade mesmo. Eu penso o seguinte: se a pessoa tem provas tem que denunciar, tem que processar, agora se não tem como provar o fato então tem que se calar e chorar a perda dos seus gatinhos de estimação”, lamenta.

Fonte: Rádio Pioneira / 24 Horas News

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.