Fotos: Whatsapp

Moradora denuncia maus-tratos contra gatos em condomínio de luxo em Goiânia, GO

Uma moradora de um condomínio de luxo de Goiânia usou o seu perfil no Facebook para fazer uma denúncia de maus-tratos contra animais dentro do residencial, que fica nas margens da GO-020, em Goiânia. Ela resolveu denunciar o caso após a sua gata desaparecer e ela encontrar três gatos assassinados embaixo de uma escada de outra casa no residencial. Um dos animais estava degolado e outro partido ao meio.

Segundo a moradora que fez a denúncia, no dia 26 de março deste ano, os condôminos começaram a discutir em um grupo de WhatsApp sobre os problemas que estava enfrentando com a aparição dos gatos. Quatro dias após a discussão, a gata da moradora, que tem coleira de identificação e estava usando uma roupa cirúrgica, desapareceu. Na tarde desta quinta-feira (5), uma mulher reclamou para os seguranças de um mau cheiro no condomínio e os funcionários do residencial encontraram três cadáveres de gatos.

De acordo com a moradora, os animais estavam com sinais de maus tratos e até com marcas de tiros de chumbinho. Revoltada com a situação, a moradora postou a denúncia em seu perfil do facebook  e também anexou os prints das conversas do grupo de moradores, onde algumas pessoas falam em matar gatos e até fazem ameaças a moradora para que ela não fizesse a denúncia. Nas imagens postadas pela mulher,  um dos vizinhos que usa o termo “dar um jeito nesses (emoji de gato)” seria um ex-BBB. Além dele, outros moradores também fizeram comentários de ódio contra os animais.

“Eles nunca gostaram de gatos. Sempre reclamaram que os animais entravam nos imóveis, subiam nos carros. Eu sempre percebi que eles eram contra os gatos no condomínio, mas nunca achei que chegaria a tal ponto de crueldade como essa”, conta a moradora.

Investigação

A mulher fez a denúncia na Agência Municipal do Meio Ambiente e os agentes realizaram uma fiscalização no condomínio na manhã desta sexta-feira (6) para averiguar se mais animais estariam sofrendo maus-tratos. Já em relação aos gatos assassinados, a investigação ficará responsável pela Delegacia de Repressão à Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). O delegado responsável, Luziano Carvalho, informou que uma equipe já está apurando a situação juntamente com a Amma e que vai ouvir todos os envolvidos. A Polícia Técnico Científico também será encaminhada até o local para fazer a perícia nos corpos dos animais.

Caso seja comprovado os maus-tratos, os envolvidos podem ser autuados no artigo 32 da lei de crimes ambientais com pena de multa de até R$3 mil por espécie.

Os moradores que foram denunciados pela moradora foram até a delegacia e registraram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra a moradora por difamação. Ela se apresentou na delegacia e uma audiência está marcada para o dia 17 de abril.

O Mais Goiás entrou em contato com o ex-BBB, mas ele não quis se pronunciar sobre as denúncias.

Histórico

Em 2013, o ex-BBB, que já havia ganhado uma edição do programa em 2003, teve a oportunidade de voltar a participar do reality show, mas foi eliminado no segundo paredão com 54% dos votos, após se envolver em uma polêmica de um comentário que fez dentro da casa. Em uma conversa com outro participante, ele teria relatado que já havia arrancado dentes de um cachorro. O caso foi investigado pela Dema de Goiânia. O delegado Luziano Carvalho disse que não encontrou o animal que foi falado no programa, e que acredita que tenha sido apenas uma falácia para ter uma repercussão na temporada.

Repúdio 

A Associação Alphaville Flamboyant Residencial divulgou uma nota que repudia veementemente todo e qualquer ato de violência praticados contra os animais e, em especial,  os animais domésticos. O condomínio também lembrou que tem um projeto de controle populacional dos animais para manter a harmonia das espécies em seu habitat natural e se colocou à disposição para contribuir com informações junto aos órgãos ambientais e Polícia Civil.

NOTA DE REPÚDIO

Associação Alphaville

A Associação Alphaville Flamboyant Residencial, por intermédio de sua Diretoria Executiva, vem manifestar perante a população goianiense que repudia veementemente todo e qualquer ato de violência praticados contra os animais e em especial os animais domésticos.

É com repulsa e horror que tivemos conhecimento do recente episódio ocorrido em dos Residenciais do Alphaville Flamboyant, no qual gatos foram mortos, sendo que um deles foi esquartejado e jogado em uma garagem.

A Associação contribui diariamente com os moradores em um projeto de controle populacional dos animais, através do método CED – Captura – Esteriliza e Devolve os animais para o convívio interno.

Todo o processo de captura é realizado por profissional habilitado, contratado pela Associação e a esterilização por veterinário, com a utilização de anestesia e medicação pós-operatório.

Os condomínios horizontais se beneficiam das áreas verdes, habitat natural dos animais e o nosso objetivo é manter a harmonia neste convívio.

A Associação está a disposição para contribuir com todas as informações possíveis aos órgãos ambientais bem como à policia Civil.

 

Por Kayque Juliano 

Fonte: Mais Goiás 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.