Mulher que jogou água fervendo em cachorro pagará R$ 3 mil à APAE e bancará despesas do animal

Advogada filmou a agressão e entregou as imagens para a polícia.

620
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um caso revoltante está chamando atenção dos moradores de Jaraguá, a 84 km de Anápolis. É que no último mês de janeiro a proprietária de uma loja, que fica na Praça do Coreto da cidade, foi vista jogando água fervente em um cachorro de rua.

De acordo com o delegado Glênio Ricardo Costa, várias testemunhas viram a cena.

Uma advogada que passava pelo local usou o celular para registrar tudo e procurou a polícia.

“Como é o juizado especial que atende esse tipo de ocorrência, nós pegamos esse vídeo e levamos até lá para que fosse lavrado o crime no Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)”, explicou o delegado.

Em conversa com a reportagem do Portal 6, o promotor Everaldo Sebastião de Souza, que estava na Comarca de Jaraguá quando a autora se apresentou à Justiça, disse que na manhã desta sexta-feira (09) foi feito um acordo com a agressora.

“O juizado fez o TCO e mandou pra cá, então fizemos hoje uma privação. Com essa privação ela não terá que responder o processo de maus-tratos. Mas pelo acordo ela terá de pagar uma indenização”, adiantou.

A sentença de homologação de acordo foi feita pelo juiz Everton Pereira Santos, que estabeleceu a obrigatoriedade por parte da mulher de custear todas as despesas médicas do animal.

Além disso, ela também terá de pagar uma indenização de R$ 3 mil que será doada à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Fonte: Portal 6 Anápolis

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.