ONG Amparo Animal anuncia fim de atividades em Ji-Paraná, RO

Falta de recursos prejudica a instituição que terá que fechar o abrigo de animais.

549
ONG Amparo Animal anuncia fim de atividades em Ji-Paraná, RO
A ONG tem promovido diversas ações para adoção de cães e gatos no Feirão do Produtor

A ONG Amparo Animal que atende em Ji-Paraná há dois anos, resgatando animais em sofrimento, e que realizou no ano de 2016 o acolhimento, tratamento e adoção de mais de 300 animais terá que fechar as portas do abrigo por falta de condições financeiras.

O abrigo que foi adaptado em uma casa residencial na qual os voluntários contribuem com a limpeza e conservação do local sofre com a redução de doações em dinheiro, e a ONG não está mais em condições de manter os pagamentos em dia e terá que levar os animais para outras acomodações.

Segundo Rosana Pereira, presidente e fundadora da ONG, a situação é irreversível, já que a instituição não tem de onde captar recursos para manter o abrigo. “Toda a renda que temos vem dos trabalhos realizados pelos nossos voluntários como feiras de pechincha, feijoadas beneficentes e rifas, e das vendas de camisetas, adesivos, chinelos personalizados, além das doações de voluntários e moradores da cidade”, diz Rosana.

A presidente afirma ainda que mesmo com eventos para captação de recursos, os valores obtidos ainda não suprem a necessidade total de gastos. “A ONG não recebe nenhum tipo de recurso público, todo valor arrecadado é usado para cobrir as despesas com ração, medicamentos, aluguel do abrigo, água e luz, advém da boa vontade de algumas pessoas da sociedade e de voluntários da própria ONG, e na maioria das vezes não conseguimos pagar todos os valores em aberto que temos que chega à casa de 5 mil reais mensais”, lamenta a fundadora.

Para aquelas famílias que buscam ter um companheiro de quatro patas, a ONG procura bons lares para os animais que ainda estão no abrigo, pessoas que realmente gostem e que realmente irão cuidar, já que o trabalho dos voluntários consiste no resgate de animais de rua em sofrimento, machucados ou doentes, que recebem atendimento veterinário, acolhimento para tratamento e posteriormente são postos para adoção, já castrados e vacinados.

Apelo

Para aqueles que não podem adotar, mas que de alguma forma podem contribuir para a ONG, seja com ração, medicação ou adquirindo as camisetas podem entrar em contato pelo email: amparoanimaljiparana@gmail.com, ou pelo facebook: Grupo de Proteção Amparo Animal. (AI)

Fonte: Diário da Amazônia 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.