Ong de Osasco (SP) faz vaquinha virtual para alugar chácara

Bendita Adoção tem até fevereiro para desocupar a casa alugada em Osasco e levar os animais para um local fora da cidade.

208
Ong de Osasco (SP) faz vaquinha virtual para alugar chácara

A Ong Bendita Adoção, organização não governamental que atua em defesa dos animais em Osasco, corre contra o tempo. Ela tem até fevereiro para desocupar o imóvel alugado, em Presidente Altino, e transferir os 119 animais para outro local. Segundo Beatriz Silva, ativista e presidente da Bendita Adoção, a mudança repentina é resultado de uma reclamação feita contra a Ong ao proprietário do imóvel.

Para que a mudança possa acontecer e os animais não fiquem na rua, Beatriz está fazendo uma vaquinha virtual. O objetivo é arrecadar R$ 30.030,00. “Precisamos alugar um espaço em sítio ou chácara para sair do local atual. O valor que estamos arrecadando inclui depósito calção para locação, transporte de todos os animais, construção de baias e recintos e pintura da casa antiga”, disse.

Entre a sede, em Osasco, lares temporários e hotéis particulares, a Bendita Adoção é responsável por cerca de 232 animais. São cães, gatos, coelhos e equinos vítimas de maus tratos. Um exemplo é a porquinha Bebel, de quatro meses, resgatada de um abatedouro clandestino no Jardim Padroeira, em Osasco. “Um homem chutou a cabeça dela, para matar. Chegamos a tempo de resgatá-la com vida. Ela sofreu múltiplas faturas de crânio e perdeu a visão”, disse Beatriz.

Os vira-latas Átila e Felipe também são moradores da Ong. A dupla era usada como cobaia em uma universidade de Viçosa, em Minas Gerais. “Recebemos uma denúncia de uma Ong de Viçosa falando que os cães eram vítimas de testes realizamos por uma pesquisadora. Nossa advogada e outros advogados, inclusive da Ong de Viçosa, entraram com processo para que conseguíssemos a guarda desses animais. Ela arrancava o acetábulo da cabeça do fêmur e do joelho dos cães e colocava um biomaterial, que criou. O objetivo da pesquisa era criar um componente que atuasse em casos de artrite e artrose para humanos e animais. Ganhamos o processo e conseguimos a posse dos animais. Com a Bendita Adoção ficaram o Átila e o Felipe”, contou a ativista. Átila e Felipe sofrem com as seqüelas até hoje.

Quem quiser colaborar com a vaquinha virtual deve entrar no site www.vakinha.com.br e procurar como ‘Mudança urgente da Ong Bendita Adoção’. Não há quantia mínima para a doação.

Por Graciela Zabotto

Fonte: Webdiario

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.