ONG denuncia caso de cachorros abandonados há 40 dias em casa de Rio Branco, AC

Imagem mostra condições cachorro debilitado. Departamento de Zoonoses de Rio Branco notificou proprietário dos bichos, segundo a ONG.

549
Cachorros estavam abandonados sem água e comida em casa (Foto: Reprodução/ONG)
Cachorros estavam abandonados sem água e comida em casa (Foto: Reprodução/ONG)

Após dois cachorros que estavam abandonados em uma casa há cerca de 40 dias serem encontrados nesta sexta-feira (1) em Rio Branco, a Associação Patinha Carente formalizou uma denúncia contra o tutor dos animais por maus-tratos no Ministério Público do Acre (MP-AC). Sem água, comida e cuidados necessários, um dos bichos foi achado debilitado, magro e doente.

Os cães, uma cadela da raça pitbull e outro pinscher, estavam em uma residência no bairro Procon, em Rio Branco. Uma pessoa soube do caso, registrou o abandono em vídeo e fez a denúncia por meio da página da ONG Patinha Carinha no Facebook.

O vídeo mostra a pitbull deitada e aparentemente fraca. Nas imagens, de pouco segundos, percebe-se que não há nenhum recipiente com água ou ração.

Vanessa Facuntes, presidente da associação, conta que a ONG entrou em contato com a Polícia Militar, Departamento de Zoonoses de Rio Branco e MP-AC. Após ser informado do caso, o departamento enviou um veterinário até o local para averiguar as condições em que os animais se encontravam. Porém, os animais permaneceram com o tutor.

“A gente conseguiu o contato dos proprietários da casa [que é cedida para o dono dos cachorros] e eles foram até lá para o veterinário entrar, o dono também foi. O rapaz foi notificado pelo veterinário e o Departamento de Zoonoses, que fez a constatação e o parecer, também o denunciou por maus-tratos ao MP-AC. Mas, o rapaz quis continuar com a cachorra [pitbull]”, contou Vanessa.

Segundo a presidente da ONG, o profissional do Departamento de Zoonoses fez um acordo com o tutor para que os bichos continuassem com ele. Entretanto, foi exigido que o pitbull recebesse tratamento de saúde adequado. “Ele contratou um veterinário e amanhã o Zoonoses vai até lá conferir se ele realmente está tratando”, conta.

Vanessa relatou que, caso o tutor dos cachorros não cumpra com o que foi acordado, os bichos vão ser retirados dele e encaminhados para outro local, onde os cuidados necessários vão ser prestados. Além disso, ele pode ter a denúncia de maus-tratos agravada se não oferecer tratamento aos cães. “A cadela pitbull está muito magra e doente e ela é bem velha”, finalizou.

Por Luan Cesar

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.