ONG cuida de mais de 120 animais resgatados em situação de abandono — Foto: OPA MT/ Divulgação

ONG diz que acordo entre prefeitura de Cuiabá e MP para ajuda a entidades de proteção animal é descumprido e faz campanha

Em 2016, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Prefeitura de Cuiabá e o Ministério Público Estadual para que o município ajudasse financeiramente na manutenção dos abrigos destinados aos animais abandonados, em Cuiabá. No entanto, as ONGs não estão recebendo ajuda do poder público, segundo a Organização de Proteção Animal (OPA-MT).

A entidade está com dificuldades financeiras para manter o abrigo e realiza uma campanha para arrecadar roupas e acessórios para um bazar, em Cuiabá. O dinheiro arrecadado será usado para a manutenção dos abrigos.

De acordo com a OPA, as pessoas podem doar qualquer objeto ou acessório que estejam em um bom estado. As doações incluem roupas, sapatos, acessórios e bijuterias, tanto femininas quanto masculinas, além de adultos e infantis.

Todo o dinheiro arrecadado no bazar será revertido para os cuidados dos animais que estão no abrigo da organização. Ainda não há data marcada para o evento.

Atualmente, a ONG abriga cerca de 125 cães e gatos divididos em cinco espaços alugados.

Em nota, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento informou que as instituições precisam procurar o município para fazer o cadastramento e só depois o recurso é liberado.

As entidades precisam apresentar documentações, como alvará, pagamentos de tributos, entre outros.

Alegou que a diretoria do Bem Estar Animal está constantemente dando o suporte para ONGs parceiras com ração, vacinas, atendimentos clínicos, cirurgias, exames para todas na medida do possível.

Por Renata Santos, TV Centro América

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.