ONG faz campanha para ajudar cão esfaqueado em tentativa de assalto na PB

434
'Negão' passou por cirurgia e seguia internado até a sexta-feira (15) em João Pessoa (Foto: Fabíola Rezende/Arquivo Pessoal)
'Negão' passou por cirurgia e seguia internado até a sexta-feira (15) em João Pessoa (Foto: Fabíola Rezende/Arquivo Pessoal)

Foi lançada na quinta-feira (14) uma campanha para financiar o tratamento veterinário de um cachorro que foi esfaqueado por um assaltante durante uma tentativa de assalto a um casa na cidade de Pilar, a 55 km de João Pessoa. De acordo com a presidente da ONG Anjos de Rua, responsável pela campanha, Fabíola Rezende, o animal foi esfaqueado cinco vezes na cabeça e no dorso.

A tentativa de assalto e a agressão ao animal foram registrados no dia 8, mas o cachorro, apelidado de “Negão”, só foi transferido para uma clínica veterinária em João Pessoa na quinta-feira. Ainda segundo Fabíola Rezende, o cão passou por intervenções cirúrgicas e até esta sexta-feira (15) seguia internado.

“Negão passou por cirurgias de enxerto e de reconstituição de parte da cabeça. Ele está em recuperação e neste sábado [16] passará por uma avaliação. Agora a nossa preocupação é arrecadar as doações para pagar o atendimento veterinário”, explicou a presidente da ONG.

De acordo com relato da tutora do cachorro, uma idosa moradora de Pilar, três homens invadiram a casa na zona rural da cidade para roubar e também esfaquearam o animal. Um dos suspeitos já foi identificado e preso pela Polícia Militar.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.