Operação para reprimir maus-tratos a animais apreende quatro cavalos em Porto Alegre, RS

Operação para reprimir maus-tratos a animais apreende quatro cavalos em Porto Alegre, RS

A operação Puro Sangue, deflagrada na manhã desta segunda-feira para combater maus-tratos a animais em Porto Alegre terminou com a apreensão de quatro cavalos, sendo que dois eram mal cuidados por carroceiros. De acordo com a Polícia Civil, a ofensiva ocorreu em um estabelecimento comercial no bairro Anchieta. que fica na divisa entre Canoas e Capital.

A delegada Marina Goltz relatou que os alvos da operação conjunta com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) eram carroceiros, suspeitos dos maus tratos contra os cavalos. “A ação buscava os carroceiros que procuram o local para recolher frutas, verduras e papelões em razão das inúmeras denúncias de maus-tratos recebidas pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (Dema)”, disse.

Os tutores foram encaminhados ao Dema e responderão por maus-tratos contra os animais, com pena de três meses a um ano, e multa. Os carroceiros que utilizavam os cavalos nas carroças, serão denunciados pelo descumprimento à lei municipal que proíbe a circulação do veículo.

Os cavalos foram direcionados ao Abrigo de Animais da EPTC, localizado no bairro Lami, zona Sul de Porto Alegre. As carroças foram destinadas ao depósito do órgão.

Operação para reprimir maus-tratos a animais apreende quatro cavalos em Porto Alegre, RS
Polícia Civil e EPTC fazem operação contra maus tratos a animais em Porto Alegre | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Fonte: Correio do Povo

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *