Ouriço se abriga em casa no Jardim Morumbi e Corpo de Bombeiros de Assis (SP) consegue resgatá-lo

Ouriço se abriga em casa no Jardim Morumbi e Corpo de Bombeiros de Assis (SP) consegue resgatá-lo

Na manhã desta terça-feira, 6, uma moradora do Jardim Morumbi levou um susto ao chegar na sua casa, em Assis.

Em meio às plantas que Maria Aparecida Ribeiro Gonçalves cultiva estava uma visita inesperada: um ouriço-terrestre, também conhecido como ouriço-cacheiro.

“Eu quase morri do coração, porque cheguei em casa e vi o bicho em cima das plantas, na área do fundo de casa. Eu fiquei com medo porque não tinha certeza se era um ouriço, mas quando tentava chegar mais perto dele, parecia que ele estufava. A gente sempre ouve falar de ataque, que os espinhos machucam a gente, então preferi não mexer com ele”, afirma.

Maria Aparecida acionou o Corpo de Bombeiros de Assis, que enviou uma equipe para fazer o resgate do animal.

“Os bombeiros estavam atendendo outra ocorrência quando eu liguei, mas me informaram que logo viriam em casa. Fiquei vigiando o ouriço até eles chegarem e não consegui entrar em casa, porque fiquei de olho para ele não se esconder em outro lugar. Não demorou muito e os bombeiros chegaram com o caminhão. Eu tinha deixado o portão só encostado e logo eles viram que era um ouriço-terrestre mesmo. Eles me informaram que o bicho não faz mal para ninguém e só é perigoso quando se sente acuado, como quando tem carro. Eles fizeram a captura de forma segura e levaram ele embora”, salienta.

O Corpo de Bombeiros informa que, em casos semelhantes, leva o animal para matas próximas, onde ele possa se abrigar em segurança e retornar ao seu habitar natural. Em casos de emergência, o telefone é o 193.

Lembrando que o ouriço-cacheiro é reconhecido principalmente por ter o dorso coberto de espinhos de até 13 centímetros de comprimento. A pelagem é constituída por uma mistura de pelos finos somada aos pelos espinhosos. Ele possui cor parda com nuanças mais claras em tom de branco ou amarelo. Trata-se de um animal de hábito crepuscular e noturno, que vive solitário e é avistado muitas vezes dormindo em árvores nas horas mais quentes do dia.

Alimenta-se de frutas, folhas e cascas de troncos, além de optar por fazer moradia perto de plantações, como de goiaba e banana. Os espinhos do animal são um mecanismo de defesa. Quando se sente ameaçado ou é molestado por algum bicho, o ouriço-cacheiro eriça os espinhos, que facilmente se desprendem da pelagem e penetram a pele do agressor.

Animal assustou moradora nesta terça-feira, 6
Bombeiros fizeram o resgate do animal com segurança

Fonte: Assis City

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.