Paca ferida é resgatada em Santa Cruz do Sul, RS

Provavelmente atacado por cães, o animal precisou de cuidados médicos.

238
Animal foi encontrado em Santa Cruz (Foto: João Caramez)
Animal foi encontrado em Santa Cruz (Foto: João Caramez)

Uma paca foi resgatada na manhã desta quarta-feira, 4, por uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade, em Santa Cruz do Sul. Conforme o secretário, Vanir Ramos de Azevedo, funcionários do Parque da Gruta teriam visto o animal no local e acionado a secretaria. A equipe do resgate contava com uma bióloga.

Após ser capturada, a paca foi levada ao Canil Municipal, no Bairro Dona Carlota. Segundo o veterinário Tiago Marques, o animal, batizado de Cicatriz, pesa 12 quilos e tem idade estimada de cinco anos. Provavelmente atacado por cães, o animal precisou de cuidados médicos. As feridas eram superficiais, no pescoço e no olho direito. Por ser selvagem e arisca, a paca precisou ser sedada para que a limpeza e as suturas pudessem ser feitas.

O animal seguirá no Canil por tempo indeterminado e receberá reforço no anti-inflamatório. O veterinário acredita que os ferimentos foram adquiridos nos últimos dois dias. “Podem ter sido causados por cães de caça ou até mesmo cães que encontraram o animal no mato por acaso”, explicou.

O que é uma paca?

Segundo Marques, a paca é um roedor muito comum na Região Sul. O nome do animal se origina do nome tupi paka, que significa “vigilante, desperto”. Se alimenta de frutos e pastagem, tem hábitos noturnos e manchas brancas pelo corpo. É uma versão em menor tamanho da capivara.

Por João Cléber Caramez

Fonte: GAZ

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.