Para arrecadar fundos, ONG de proteção animal promove ‘aulões’ de zumba em Macapá, AP

Atividade acontece nos dias 16 e 17 de dezembro, na praça Floriano Peixoto e na escola Tiradentes. Dinheiro arrecadado será destinado para a construção de abrigo para animais.

206
Aulas não têm restrições de idade ou de iniciação na modalidade (Foto: Daniel Sousa/TV Cabo Branco)
Aulas não têm restrições de idade ou de iniciação na modalidade (Foto: Daniel Sousa/TV Cabo Branco)

Dois “aulões” de zumba serão realizados nos dias 16 e 17 de dezembro, com o intuito de arrecadar fundos para a ONG Anjos Protetores, que cuida de animais em situação de risco em Macapá. Para participar da atividade, os interessados devem pagar R$ 3 e um produto de limpeza.

As aulas vão acontecer na pista de skate da Praça Floriano Peixoto no sábado (16), a partir das 16h e segue até às 18h. No domingo (17), a aula será na quadra poliesportiva da Escola Tiradentes, iniciando às 15h e encerrarando às 17h.

De acordo com a integrante da ONG Anjos Protetores, Gabrielle Nascimento, a ideia de realizar o evento foi uma iniciativa de um grupo de estudantes da escola Tiradentes, que faz um trabalho solidário e uma das atividades são as aulas de zumba.

“Como os estudantes tinham contato com os professores de zumba, eles mesmo tomaram a iniciativa de realizar a atividade, tudo em prol da ONG”, explicou Gabrielle.

Todo o dinheiro arrecadado na ação vai ser investido na construção do abrigo dos Anjos Protetores e para pagar dívidas nas clínicas veterinárias da capital. Já os produtos doados serão usados para a manutenção do abrigo temporário da entidade.

As aulas serão abertas para toda a comunidade, sem restrição de idade e são esperadas cerca de 50 participantes.

“Qualquer pessoa pode participar das aulas, não há restrições de idade ou de iniciação na modalidade”, reforçou Gabrielle.

Esse é o último evento da ONG em 2017, mas de acordo com os voluntários, outros eventos estão sendo organizados para o calendário de 2018.

“Estamos planejando realizar feiras de doações, entre as primeiras ações, estão o carnaval pet, com desfile e caminhada, que deve ocorrer em fevereiro”, finalizou a protetora.

Por Carlos Alberto Jr.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.