Parque Municipal de Maceió (AL) recebe e resgata animais silvestres

420
Parque Municipal de Maceió (AL) recebe e resgata animais silvestres
Parque Municipal de Maceió recebe e resgata animais silvestres (Foto: Ascom / Semds)

O Parque Municipal de Maceió, reserva da Mata Atlântica localizada no bairro de Bebedouro, é hoje uma das maiores na capital para a entrega de animais silvestres por parte da população. A equipe do Parque recebe os animais e também faz o resgate, realizando a triagem e avaliação dos bichos para que seja feita a soltura ou o encaminhamento para tratamento clínico. Nessa semana, mais um animal foi deixado no local para reinserção na natureza: um cágado de barbicha, uma espécie nativa que vive no Lago dos Jacarés do Parque.

Ainda pequeno, o animal foi entregue pelo aposentado Agacis Antônio Nascimento. Ele é morador do bairro Joaquim Leão e, nessa quarta-feira (08), foi à reserva para entregar o cágado. “Tínhamos ele e outro, a mãe, mas ela morreu e o bicho ficou sozinho. Soube por um vizinho que o Parque recebia animais e trouxe para que ele não seja criado só. Aqui ele terá outros animais para conviver junto e tem um local mais apropriado”, disse o maceioense ao entregar o bicho, que, após ser avaliado, foi solto no Lago.

Bióloga do Parque Municipal, Karla Gama afirma que a reserva hoje é vista como referência pelos maceioenses para a entrega de bichos perdidos na cidade. Este trabalho é realizado pela equipe do Parque, sob supervisão de Karla e da veterinária Maria Luíza, que faz o devido acompanhamento para avaliar a situação dos animais.

De acordo com um levantamento realizado pelo Núcleo de Fauna do Parque, mais de 60 bichos foram deixados e resgatados nos últimos dois anos, entre répteis, mamíferos e aves. Quando o animal não é levado ao local, a equipe da reserva realiza o resgate conforme o registro da população realizado por meio do telefone (82) 98801-3651.

“Nós recebemos os animais que são trazidos pela população no objetivo de devolvê-los à mata. Quando a espécie não é nativa, animal filhote ou está aparentemente debilitado, fazemos o encaminhamento ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama, que trabalha em parceria com o Parque e realiza o tratamento clínico até que o bicho esteja apto à soltura. Quem não puder trazer ou tiver qualquer dúvida sobre um animal encontrado, pode ligar para o (82) 98801-3651 para que a nossa equipe realize o resgate”, explica a bióloga.

Karla Gama reforça a importância da colaboração da população e diz que, nas comunidades do entorno do Parque, a entrega de bichos perdidos já é realizada com freqüência. Para quem encontrar algum animal, a orientação é procurar a reserva, que fica aberta ao público de terça-feira a domingo, das 8h às 17h. Quem não puder se dirigir ao local, basta ligar para o número citado pela bióloga: (82) 98801-3651.

Fonte: Alagoas 24 Horas (Ascom / Semds)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.