Peixe-boi marinho foi vítima de atropelamento por embarcação motorizada, no litoral norte paraibano. (Foto: Divulgação/Fundação Mamíferos Aquáticos)

Peixe-boi marinho atropelado por embarcação é encontrado no litoral da PB

Animal foi encontrado na região de Cabedelo com ferimentos graves. Espécie está em perigo de extinção no Brasil, diz pesquisador.

Um peixe-boi marinho vítima de atropelamento por uma embarcação motorizada foi encontrado gravemente ferido, no litoral norte da Paraíba. A equipe do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho divulgou nesta quinta-feira (5) que “Puã”, como o peixe-boi é chamado, foi encontrado na região de Cabedelo com ferimentos graves, há duas semanas. O animal está em perigo de extinção no Brasil.

O mesmo animal já tinha sido ferido por embarcação em 2014. Segundo a equipe do projeto, o tratamento do peixe é feito com medicamentos que aceleram a cicatrização e o animal é frequentemente monitorado.

O pesquisador e médico veterinário João Carlos Gomes Borges, coordenador do projeto, disse que está sendo observado o aumento da frequência de atropelamentos de animais marinhos e a gravidade dos acidentes.

Ainda de acordo com João Carlos, a equipe constatou que o peixe foi atropelado por uma embarcação motorizada porque esse tipo de acidente causa uma série de cortes na pele do animal, com características próprias como certo distanciamento entre os ferimentos, causados pelo casco da embarcação. Além disso, como o peixe já é monitorado, o animal apresentou mudanças de comportamento durante o processo inflamatório.

Orientações para condutores de embarcações

O coordenador do projeto dá dicas para a população e principalmente para os condutores de embarcações motorizadas como barcos, lanchas e jet skis. Confira abaixo.

Antes de acionar o motor, olhe ao redor e verifique se tem peixe-boi marinho próximo. A hélice em movimento pode machucar e matar o animal. Só ligue o motor se tiver certeza que o animal não está por perto;

Se estiver navegando e avistar o animal nas proximidades, reduza a velocidade ou desligue o motor para evitar colisões e atropelamentos;

Ao encontrar um peixe-boi marinho, não toque e nem alimente o animal, pois prejudica a adaptação do peixe à vida selvagem e traz sérios problemas a saúde dele.

Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho

O Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho, realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, é uma estratégia de conservação e pesquisa para evitar a extinção da espécie no Nordeste brasileiro. A iniciativa atua nas áreas de pesquisa, tecnologia de monitoramento via satélite, manejo, educação ambiental, desenvolvimento comunitário, fomento ao turismo eco pedagógico e políticas públicas.

As atividades e ações das equipes, em prol da conservação da espécie, podem ser acompanhadas pelo site do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho ou pelas redes sociais. Ao encontrar um peixe-boi com um equipamento, semelhante a uma garrafa com uma antena, as pessoas devem entrar em contato com a Fundação Mamíferos Aquáticos pelos telefones: (83) 99961-1338 ou 99961-1352 (79) 3025-1427.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.