Pescadores notam alguém estranho preso em um iceberg no meio do oceano

Pescadores notam alguém estranho preso em um iceberg no meio do oceano

“Nós sabíamos que éramos sua única chance de sobrevivência”.

No ano passado, enquanto estavam em um barco de pesca de caranguejos na costa de Labrador, Canadá, Mallory Harringan e seus colegas perceberam algo incomum. Lá, a cerca de seis quilômetros da costa, estava um iceberg em formato de cogumelo com um tamanho considerável, e tinha um passageiro involuntário encalhado sobre dele.

“Nós pensamos que era um filhote de foca”, Harrigan contou ao The Dodo.

Mas então eles conseguiram chegar mais perto.

E descobriram que o animal em cima do iceberg não era exatamente uma espécie marinha.

Era uma raposa-do-ártico, e estava com sérios problemas.

Ao invés de deixar a raposa enfrentar seu destino sombrio, Harrigan e seus colegas decidiram tentar ajudar. Eles levaram o barco até o lado do iceberg, e conseguiram resgatar o fugitivo assustado.

“Nós conseguimos colocá-la a bordo, apesar de ela ter lutado”, Harrigan disse. “Nós sabíamos que éramos sua única chance de sobrevivência, já que os ventos tinham mudado e estavam levando o iceberg para mais longe ainda”

.Apesar de a raposa ter bons motivos para desistir de qualquer esperança, esse sentimento agora estava restaurado.

Harrigan e os outros resgatistas improváveis de raposas fizeram rapidamente uma pequena cama em seu barco e ofereceram comida para o animal exausto, para que ele pudesse se aquecer e ganhar forças.

Então, começaram sua jornada de volta à terra seca.

Quando chegaram ao porto, Harrigan e sua equipe deram um pouco mais de comida para a raposa e então a soltaram na natureza.

“Nós a deixamos dentro de uma antiga casa de cachorro”, ela disse. “Ela se sacudiu e foi isso!”.

Fotos: Mallory Harrigan

Pode ter demorado somente alguns minutos para Harrigan e os outros saírem de seu caminho para resgatar a raposa, mas este simples ato de bondade mudou tudo para o animal.

“Estamos felizes por termos salvado um animal”, Harrigan disse, notando que a raposa parece estar indo bem, e de vez em quando aparece para lembrar seus resgatistas da vida que salvaram. “Nós ainda a vemos de tempos em tempos!”.

Por Stephen Messenger / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.