Foto ilustrativa

Polícia Ambiental denuncia homem por realizar rinhas de galos em Vilhena, RO

Um morador da rua Jandaia, no bairro Cidade Jardim 01, de Vilhena, foi denunciado pela Polícia Ambiental, por maus-tratos contra animais, após ser comprovado que o suspeito promovia rinhas de galos em sua residência.

De acordo com o boletim de ocorrência, após denúncias anônimas, a Polícia Militar (PM), recebeu a informação que na casa de Diego P. L., estavam sendo realizadas apostas em brigas de galos. Uma guarnição da Polícia Ambiental se dirigiu até a residência.

Foram encontrados 10 galos da raça índio, todos apresentando ferimentos na cabeça e em partes do corpo, um cercado onde eram realizadas as rinhas e todos os apetrechos que os apostadores costumam usar em suas aves; como esporas de acrílico, protetores, dentre outros. Também foram localizados remédios, que segundo uma veterinária, são usados para curar feridas de animais, como iodo e antibióticos.

Apesar da motoneta de Diego estar no estacionamento, os militares insistiram por horas, porém, não foram atendidos pelo infrator. Então, a guarnição se retirou do local, retornando algumas horas depois, e novamente não foram atendidos e avistaram que o veículo de Diego já não estava mais no local.

Diante dos fatos, o caso foi registrado junto a Polícia Civil (PC) para que sejam tomadas as devidas providências, com relação à localização do suspeito.

Fonte: Diário da Amazônia

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.