Polícia Ambiental fecha rinha e apreende 72 galos no noroeste do Paraná

De acordo com a polícia, 29 pessoas foram detidas. Duas das aves já estavam mortas quando os policiais chegaram.

398
Galos apreendidos foram levados para instituição (Foto: Divulgação/Polícia Militar) Galos apreendidos foram levados para instituição (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Galos apreendidos foram levados para instituição (Foto: Divulgação/Polícia Militar) Galos apreendidos foram levados para instituição (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A Polícia Ambiental fechou no sábado (7), uma rinha de galos em Cruzeiro do Oeste, no noroeste do Paraná. Segundo os policiais, 72 aves foram apreendidas, além de bicos metálicos, esporas plásticas e medicamentos para serem aplicados nos animais. Dois galos já estavam mortos.

A rinha funcionava em uma propriedade rural. No local, 29 pessoas foram detidas e levadas para a Polícia Civil, onde tiveram que assinar um termo circunstanciado para serem liberadas.

Além de crime ambiental, as pessoas detidas devem responder por desobediência.
Os 70 galos que estavam vivos foram levados para uma instituição que dá apoio ao trabalho da Polícia Ambiental.

Ao todo, 29 pessoas foram detidas (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Ao todo, 29 pessoas foram detidas (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Rinha funcionava em uma propriedade rural da cidade (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Rinha funcionava em uma propriedade rural da cidade (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.