Pássaros silvestres foram apreendidos em São João da Boa Vista (Foto: Polícia Ambiental / Divulgação)

Polícia Ambiental resgata 57 aves em três cidades de SP e aplica R$ 48,5 mil em multas

A Polícia Ambiental encontrou na quarta-feira (3) aves silvestres mantidas em cativeiro nas cidades de São João da Boa Vista, Vargem Grande do Sul e Pirassununga (SP).

Vídeo: Polícia Ambiental encontra aves mantidas em cativeiro em cidades da região

No total, foram resgatados 57 pássaros e quatro pessoas foram autuadas. O valor das multas aplicadas chega a R$ 48,5 mil.

São João da Boa Vista

Em São João da Boa Vista, a Polícia Ambiental apreendeu 31 aves da fauna brasileira sendo criadas em cativeiro em uma residência na zona rural da cidade. Um dos pássaros estava preso a uma anilha, pequeno anel utilizado para identificar a ave.

Diante do flagrante, os dois proprietários do local foram multados em R$ 31 mil e terão que responder na Justiça por crime contra a fauna brasileira.

As aves serão devolvidas à natureza, conforme laudo veterinário. O pássaro com anilha ficará sob cuidados médicos até estar totalmente recuperado.

Aves silvestres foram apreendidas em Vargem Grande do Sul (Foto: Polícia Ambiental / Divulgação)

Vargem Grande do Sul

Em Vargem Grande do Sul, os policiais visitaram uma propriedade rural e encontraram 20 pássaros mantidos em cativeiro sem licença ambiental. Desses, apenas a espécie “Azulão” está na lista das aves ameaçadas de extinção.

O proprietário do local foi multado e m R$ 14,5 mil e responderá na Justiça por crimes contra a fauna brasileira. Os pássaros foram devolvidos à natureza.

Vídeo: Homem é multado em R$ 3 mil por caça ilegal de pássaros em Pirassununga, SP

Pirassununga

No bairro Santa Fé, zona rural de Pirassununga, a Polícia Ambiental flagrou um homem praticando caça ilegal de aves e encontraram alçapões espalhados pela mata.

Os policiais ainda apreenderam um canário-da-terra, um tico-tico, dois bigodinho e dois coleirinho que já haviam sido capturados pelo homem.

O caçador foi multado em R$ 3 mil e responderá na Justiça por crimes contra a fauna brasileira. Os pássaros foram devolvidos à natureza.

Pássaros silvestres foram resgatados de gaiola em Pirassununga (Foto: Polícia Ambiental / Divulgação)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.