Polícia apreende 23 quelônios no interior de RR; suspeitos de crime ambiental são detidos

Suspeitos foram ouvidos pelo delegado e liberados em seguida.

273
Quelônios foram apreendidos em Caracaraí, região Sul de Roraima (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Quelônios foram apreendidos em Caracaraí, região Sul de Roraima (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Dois homens de 18 e 37 anos suspeitos de vender quelônios foram presos por crime ambiental nesta quinta-feira (2) no município de Caracaraí, Sul de Roraima.

Com eles foram apreendidos seis quelônios. Horas depois da prisão, mais 17 foram localizados.

Uma denúncia anônima levou aos policiais a uma casa no bairro Santa Luzia, onde, de acordo com a polícia, havia muita movimentação de carros que iam ao endereço para comprar quelônios.

No local, os policiais fizeram buscas dentro e fora da residência com autorização dos proprietários e foram encontrados seis quelônios em sacos de fibra.

Os répteis, segundo a polícia, estavam em um quarto. Questionados, os suspeitos admitiram que os quelônios pertenciam a eles, mas que compraram os animais de um homem, que não foi encontrado, conforme a polícia.

“Os tracajás foram levados para a delegacia junto com os suspeitos pela prática de crime ambiental”, diz um policial. Os suspeitos foram ouvidos pelo delegado e liberados em seguida.

Os policiais encontraram, horas depois, em outro endereço, após receberem uma informação, 17 tracajás dentro de sacos de fibra. A suspeita é de que os répteis pertenceriam aos envolvidos. Os animais foram deixados na delegacia.

Apreensão de quelônios foi feita pela Força Tática de Caracaraí (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Apreensão de quelônios foi feita pela Força Tática de Caracaraí (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.