Polícia do DF resgata tucano, jiboia, cascavel e cobra coral no fim de semana

Segundo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, resgate de cobras é 'cotidiano' em Brasília. Pássaros silvestres, capivara e porco espinho também foram capturados.

173
Papagaio resgatados pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Papagaio resgatados pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar resgatou 34 pássaros silvestres, um tucano e seis cobras, sendo duas jiboias, uma cascavel e uma coral, no Distrito Federal entre sábado (2) e domingo (4).

Segundo a PM, o tucano foi resgatado em Ceilândia. Dois urutaus, um curiango, um papagaio, uma rolinha, um sabiá e um periquito foram encontrados em diferentes regiões da cidade. Dois saruês, uma capivara, um tatu e um porco espinho também foram capturados.

Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal apreende 32 gaiolas de pássaros silvestres (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal apreende 32 gaiolas de pássaros silvestres (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Tucano resgatado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Tucano resgatado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Cobras

O batalhão ainda recolheu duas jiboias, em Samambaia e no Lago Norte, uma cobra corre-campo em Vicente Pires, uma jararaca no Gama, um coral em Planaltina e um cascavel no Riacho Fundo. Segundo a polícia, o resgate de cobras no DF é “cotidiano”, especialmente em regiões com maior concentração de mata, como Jardim Botânico, Lagos Norte e Sul e Sobradinho.

Policial militar do Batalhão Ambiental segura jibóia resgatada no Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Policial militar do Batalhão Ambiental segura jibóia resgatada no Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Segundo a PM, quando os animais são resgatados em bom estado de saúde, eles podem ser levados de volta ao habitat natural. Já quando estão feridos, são encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), vinculado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Os animais mais encontrados em cativeiro ou dentro de casas em razão da expansão urbana são saruês, corujas, aves silvestres, capivaras – em áreas mais próximas do Lago Paranoá – e serpentes.

Para chamar o Batalhão Ambiental, basta ligar 190. Também é possível solicitar visita dos militares e tirar dúvidas pelo telefone 99351-5736.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.