Global Imagens

Portugal: Lei que proíbe animais em circo é preconceituosa? PAN concorda

Foi na segunda-feira que Marcelo Rebelo de Sousa promulgou a lei que proíbe a utilização de animais selvagens nos circos e reforça a proteção destes em contexto circense, um diploma que havia sido aprovado no Parlamento com os votos do PS, PSD, Bloco de Esquerda, Partido Ecologista Os Verdes e PAN. O CDS votou contra (à exceção do deputado João Rebelo) e o PCP absteve-se.

A promulgação da lei suscitou reações, nomeadamente de Vitor Hugo Cardinali que afirmou que a lei que o PAN – Pessoas – Animais – Natureza fez aprovar é “preconceituosa”, pois apenas se aplica aos circos, deixando de fora outras atividades culturais e económicas.

Ora, o deputado único do PAN, André Silva, diz concordar com as declarações de Cardinali e defende que esse é “um barrete que pode ser enfiado pelos restantes partidos”.

Nesse sentido, André Silva mostra disponibilidade para ir mais longe na legislação. “Da nossa parte estamos disponíveis, como aliás sempre estivemos, para legislar no sentido de afastar todos os animais de todas as atividades que visam o entretenimento”, realça.

Concordo com o Vitor Hugo Cardinali, que veio hoje afirmar que a lei que o PAN fez aprovar para interditar a utilização…

Publicado por André Silva em Quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Por fim, o deputado lembra que “a maioria no Parlamento para se conseguirem dar mais passos não depende do PAN”, sendo por isso preciso “dar mais força” ao seu partido, sublinha.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original


Nota do Olhar Animal: A crítica à lei é totalmente pertinente. Ela realmente é preconceituosa no sentido de não atingir outras atividades que exploram e causam danos aos animais. A conclusão dos críticos é que é equivocada. A equidade moralmente correta não ocorrerá se permitindo aos circos maltratar e abusar dos animais, como sempre fizeram, e sim proibindo a exploração dos animais nas demais atividades mencionadas pelos críticos. Que se produzam leis de proteção aos animais que as atinja!

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.