Prefeitura credencia clínicas e hospitais veterinários para castrações em Foz do Iguaçu, PR – Olhar Animal
Foto ilustrativa

Prefeitura credencia clínicas e hospitais veterinários para castrações em Foz do Iguaçu, PR

A empresa interessada terá até o dia 27 de agosto para apresentar a documentação necessária.

A Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu abrirá, na segunda-feira (16), um processo de credenciamento para hospitais e clínicas veterinárias interessadas em prestar serviços de esterilização (castração) e implantação de microchips em fêmeas caninas e felinas.

O programa atenderá animais cujos tutores estejam inscritos em programas sociais, sejam protetores independentes ou possuam ONGs.

A empresa interessada terá até o dia 27 de agosto para apresentar a documentação necessária junto a Diretoria de Compras e Suprimentos, situada à Praça Getúlio Vargas, 280, Centro. O Edital e seus anexos poderão ser obtidos na Diretoria de Compras ou no endereço eletrônico: www.pmfi.pr.gov.br, acessando prefeitura 24 horas, licitações, prefeitura municipal, licitações 2018, chamada pública, chamamento público nº 002/2018.

A cirurgia de esterilização prevê a retirada de ovários, útero e tubas uterinas, e implantação de microchip de identificação, seguida do respectivo registro do animal, de forma descentralizada em várias regiões da cidade.

As empresas também deverão garantir o atendimento pós-cirurgico dos animais, até a cicatrização da ferida cirúrgica e completa recuperação, bem como a retirada dos pontos quando couber. O valor mínimo por procedimento é de R$ 210,00 (duzentos e dez reais) e o valor máximo estimado de R$ 345.870,00.

O valor de cada contrato poderá variar conforme o número de empresas credenciadas, sendo, no entanto o valor máximo de R$ 345.870,00, caso haja apenas uma empresa participante que tenha capacidade instalada para cumprimento deste objeto.

“O programa atende a necessidade de um controle populacional de cães e gatos, evitando futuros abandonos por falta de lares adotivos”, explica a secretária de meio ambiente, Ângela Meira. No ultimo censo animal, realizado em 2014 pelo Centro de Controle de Zoonoses, a população era de 55.007 animais, entre cães e gatos machos e fêmeas.

As empresas participantes deverão possuir sede em Foz do Iguaçu, bem como estar devidamente organizadas e registradas como pessoa jurídica no órgão de regulamentação de Medicina Veterinária.

Fonte: Portal da Cidade

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.