RS Erechim prefeitura ongs ura H

Prefeitura e ONGs de proteção animal ajustam funcionalidade da URA em Erechim, RS

Unidade de Referência Animal deve estar em funcionamento na primeira quinzena de novembro.

Por Edson Castro

RS Erechim prefeitura ongs ura

Na manhã de quinta-feira (8) na Secretaria Municipal de Saúde, estiveram reunidos o secretário de Saúde, Plínio Costa Jr., o diretor da Vigilância em Saúde (VISA), Theodoro Tedesco Neto, servidores da secretaria e representantes das ONGs de proteção animal Pró-Cão, Bixo Vadio, Mania Cães e SOS Animais.

A Unidade de Referência Animal (URA) pautou o encontro entre os presentes, que definiram a funcionalidade da URA para os próximos 6 meses. “Estamos cumprindo o nosso compromisso com a sociedade, que espera ansiosamente pela funcionalidade do local. A URA entra em funcionamento na primeira quinzena de novembro em parceria com as ONGs do município”, explica o secretário de Saúde, Plínio Costa Jr, destacando a parceria com a Câmara de Vereadores e as ONGs de Erechim.

Castração e chipagem

Conforme o diretor da VISA, Theodoro Tedesco, a URA será local exclusivo para castração e chipagem dos animais – cachorros e gatos. “Serão em média quatro castrações com colocação de chip nos animais por dia. A URA funcionará de segunda à quinta, sendo que cada dia uma ONG terá a Unidade à sua disposição para castração”, pontua Thedesco.

Vale ressaltar que a porta de entrada para a URA se dará através das ONGs. “Os animais somente serão recebidos no local se passarem pela triagem nas ONGS de proteção animal. A proposta da URA não é se tornar um canil, mas sim um local para castração e colocação de chip para controle dos animais”, reforça o diretor da VISA.

Urgência e emergência

Ainda, a partir do início do funcionamento da URA, entra em vigor convênio com uma Clínica Veterinária do município para atendimentos de urgência e emergência. Em um primeiro momento, a equipe de trabalho da URA será composta por um médico veterinário, um estagiário estudante de Clínica Veterinária e o coordenador da URA.

Para as ONGs esse é um passo muito importante. “Estamos muito felizes com esse processo. Em podermos estar aqui para, juntamente com a Prefeitura e a Câmara de Vereadores, participar como parceiros da URA. É um sonho que finalmente se torna realidade”, destacam os representantes das ONGs.

Fonte: Atmosfera Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.