SP votuporqanga leonardo0

Presidente da Spavo é ameaçado em fiscalização em Votuporanga, SP

Leonardo Brigagão recebeu ameaças após operação de rotina da entidade realizadaem umam chácara, na estrada do 27

SP votuporqanga leonardo1

O presidente da Spavo (Sociedade Protetora dos Animais de Votuporanga) Leonardo Brigagão recebeu ameaças após uma operação para verificar maus-tratos em uma chácara, localizada na estrada vicinal “Adriano Pedro Assi”, a Estrada do 27, na tarde de ontem.

Segundo Brigagão, o trabalho foi realizado após receber denúncias para verificar a situação de animais que estariam sofrendo maus-tratos. No local, ele foi surpreendido por agressões físicas e verbais do suposto dono da propriedade. Para coibir as atitudes violentas, o presidente da Spavo logo chamou a Polícia Militar.

Já sobre as irregularidades, a Policia Ambiental foi acionada para tentar conscientizar o tutor dos animais sobre a situação que eles se encontravam.

Ele ainda contou que na chácara, os animais são utilizados para caça de javalis e que a atividade não é proibida, em decorrência da superpopulação da espécie. “As pessoas abandonam constantemente animais na Estrada do 27, está virando um depósito. O dono da chácara acolhe para posteriormete usá-los na caça, porém não temos como comprovar”, afirmou.

As denúncias chegaram a partir de vizinhos que reclamavam do barulho dos animais da chácara. Brigagão disse que o homem já foi multado anteriormente pelo mesmo motivo. A Polícia Ambiental, esteve no local e fez um trabalho de conscientização no rapaz, por sua vez, ele se comprometeu a atender as exigências.

Sobre as ameaças, Brigagão afirmou que deve registrar boletim de ocorrência hoje, pois é a segunda vez que sofre ameças da mesma pessoa. “Ele me pediu desculpas, mas irei falar com o delegado, fui empurrado três vezes”.

O acusado das agressões já teve que pagar R$4 mil por responder pelo crime de maus-tratos. Foi constatado que na área, existem aproximadamente 40 cães que são utilizados para a caça.

Fonte: A Cidade

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.